No novo emprego, qual deveria ser meu salário?

Por Robert Half 31 de outubro de 2018

Caso você queira definir sua pretensão salarial, fazer uma pesquisa é essencial. E a dica vale tanto para quem está empregado como para quem busca uma recolocação. O Guia Salarial Robert Half, por exemplo, que mostra salários de diferentes áreas e para diferentes cargos, pode ser uma fonte de informação.

1) Veja como está o mercado de trabalho para o seu setor

Para ser assertivo na sua pretensão, baseie-se em números. Quer saber quão competitivos estão os pacotes de remuneração do seu setor? Basta fazer download do estudo no botão abaixo. É gratuito!

BAIXAR O GUIA SALARIAL

2) Avalie sua situação atual

Com os dados em mãos, avalie a sua situação atual. Se estiver buscando por uma oportunidade para voltar ao mercado de trabalho, uma dica é se basear na sua última remuneração. Não aumente muito, mas também não se desvalorize.

Uma pretensão muito abaixo do seu último salário pode demonstrar desespero e deixar o empregador inseguro. Ele pode achar que assim que receber uma proposta melhor vai deixa-lo na mão.

Se você está trabalhando e recebe uma oportunidade de mudar de emprego, avalie o cenário. Um salário te faria mudar de emprego? Quanto mais você precisaria ganhar para fazer essa troca?

3) Leve em consideração os benefícios não financeiros

Lembre-se sempre que, quando você trabalha para uma empresa, você não está apenas recebendo um salário. Você também está adquirindo um pacote de benefícios, que variam de empresa para empresa.

Além dos benefícios financeiros como vale refeição, assistência médica e vale transporte, avalie os benefícios não-financeiros, como a possibilidade de trabalho remoto, treinamentos, desenvolvimento profissional e etc.

4) Esteja aberto à negociação salarial

Há um tempo o salário deixou de ser o principal fator a ser analisado na hora de uma movimentação profissional, portanto, leve em consideração todas as possibilidades que a vaga oferece e coloque-se sempre à disposição para negociar.

Assista à explicação sobre o tema

Assista abaixo à explicação de Fernando Mantovani, diretor geral da Robert Half no Brasil, sobre o tema.

More From the Blog...