Saiba incluir projetos temporários no currículo

Profissionais que trabalham por projetos são cada vez mais demandados pelo mercado. A contratação desse tipo de profissional, que entra em uma empresa para efetuar um trabalho por tempo determinado tem aumentado e a expectativa é que o cenário se mantenha positivo. Mas você sabe como incluir esse tipo de experiência no currículo?

A forma como você apresenta sua experiência temporária no documento pode ser a diferença entre conseguir ou não o emprego. Isso porque, ao contrário de passagens relâmpago por diferentes empresas – que normalmente não são bem vistas pelos headhunters -, os projetos agregam valor para a carreira e são bem vistos nos processos de seleção.

Então é preciso deixar claro no currículo que determinado período curto de trabalho em uma empresa foi consequência de um projeto especifico.

Além disso, assim como se faz em outras passagens profissionais mencionadas no currículo, é preciso enfatizar as competências adquiridas naquele projeto, os papéis que você assumiu ao longo do trabalho e os objetivos alcançados.

Os projetos que você teve ao longo da carreira devem ser listados junto com as demais experiências profissionais – sempre da mais recente para a mais antiga.

Por fim, é importante ressaltar que atuar por projetos não é algo menos valioso para a carreira. Ao contrário. Permite ao profissional ingressar em diferentes segmentos, algo que talvez seja mais difícil quando se está em um emprego permanente, e ajuda a ganhar habilidades, como capacidade de adaptação e comunicação. Além de tudo isso, o trabalhar por projetos é um estilo de vida para muitos profissionais. Não há porquê esconder a experiência do recrutador.

Compartilhar essa página