Mindfulness no trabalho, como a técnica pode ajudar no desenvolvimento de carreira

Por Robert Half 13 de outubro 2016

Por Adriana Fonseca

A popularidade da técnica mindfulness no trabalho aumentou consideravelmente e grandes empresas já oferecem sessões e cursos sobre o assunto para melhorar a concentração e aumentar a produtividade de seus funcionários.

Isso é possível porque a mindfulness, nada mais é que uma técnica de meditação, que permite às pessoas controlar os pensamentos indesejados ou indisciplinados e os comportamentos que surgem como consequência deles.

Aumento da produtividade no trabalho

As pessoas que praticam o mindfulness no trabalho – assim como a meditação tradicional – costumam ser mais concentradas, o que reflete diretamente na produtividade. Isso ocorre, até quando não estão meditando. É algo que se estende para as atividades da vida cotidiana, além de diminuir o estresse.

A técnica ajuda a parar de pular de pensamento em pensamento, evita ficar remoendo ideias que não estão acontecendo naquele momento e acabam trazendo sensações ruins e até perda de controle emocional.

Diante de tantos benefícios fica fácil entender porque há empresas e profissionais se dedicando a aprender mais sobre o mindfulness no trabalho. A técnica, sem dúvida, pode ajudar no desenvolvimento da carreira.

Autor do livro Emotional Intelligence 2.0, Travis Bradberry lista cinco motivos para você começar a usar o mindfulness no trabalho. 

5 vantagens de usar o mindfulness no trabalho

1. Tratamento para estresse

Estudos mostram que dois terços das visitas aos hospitais estão relacionadas a problemas ligados ao estresse e que 75% dos gastos com saúde têm essa mesma causa. O estresse, caso você não saiba, pode causar hipertensão, doenças autoimunes, insônia, depressão e ansiedade, entre outras coisas. A técnica do mindfulness é aliada da redução do estresse, porque coloca você em um estado mental mais relaxado, claro e calmo.

2. Exercício para melhorar a concentração

O mindfulness ajuda a focar em uma coisa de cada vez. A técnica ensina a evitar distrações e aumenta o nível de concentração no trabalho. Lembre-se de que uma mente focada é uma mente produtiva.

3. Melhora a criatividade no trabalho

A criatividade depende do estado mental. O mindfulness no trabalho ajuda a você a entrar no “modo criativo” da mente, derrotando os pensamentos negativos que roubam o pensar criativo e a auto-expressão.

4. Desenvolve a inteligência emocional no trabalho

Nossa inteligência emocional afeta a forma como administramos nosso comportamento em situações sociais complexas. É a habilidade de reconhecer e entender as próprias emoções e as dos outros e, a partir disso, de forma consciente, administrar o próprio comportamento e relações. Como estudos já demonstraram, 90% dos profissionais de alto rendimento têm um nível de quociente de inteligência emocional elevado.

5. Ajuda a ser uma pessoa melhor

Um estudo de Harvard mostrou fortes conexões entre o mindfulness e o comportamento social. Quem medita tende a mostrar mais compaixão e bondade com outras pessoas. Tem relação com sentir-se presente e calmo, o que traz o melhor de cada um à tona.

* Adriana Fonseca é jornalista, tem 14 anos de experiência na cobertura de carreiras e empreendedorismo e já publicou no jornal Valor Econômico, na Folha de S.Paulo e na revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios. Hoje, escreve e edita em seu home office.

More From the Blog...