Hora de contratar: como fazer a oferta a um novo colaborador?

Por Robert Half on 1 de março de 2021

Boas notícias! Você encontrou o candidato certo para a sua vaga. Agora, é hora de fazer uma proposta formal a ele. Essa é uma etapa que exige uma ação imediata, apoiada por um planejamento cuidadoso para garantir que seu candidato ideal não aceite uma oferta em outro lugar.

Criar uma proposta de trabalho certa, pode ajudar a empresa a adaptar-se às mudanças constantes no mundo ao captar bons profissionais para o cargo em questão. Além disso, com as informações certas, isso pode garantir que os colaboradores, além de aceitarem a oferta, se sintam motivados a desempenhar suas funções da melhor maneira.

Quer saber como fazer a proposta de trabalho a um novo colaborador? Confira nossas dicas a seguir!

Conte a história da empresa

Seja por meio de um vídeo ou um resumo, insira na proposta a trajetória da sua empresa. É importante estabelecer como a sua organização chegou até ali. Essa é uma forma de agregar valor à sua marca e motivar o candidato a querer fazer parte dessa equipe. Além disso, esse é o momento de falar sobre as missões e valores. Com isso, o profissional conseguirá visualizar se seu fit cultural combina com o da instituição.

No entanto, lembre-se de ser breve, independentemente do formato que trará essas informações. Assim, você não deixa a proposta tão extensa e vai direto ao ponto.

Atente para a aparência da proposta

É importante formalizar a oferta de emprego e registrá-la de alguma forma. Por isso, a aparência de uma proposta de trabalho é essencial para proporcionar um toque de profissionalismo e cuidado para a sua organização. Dessa forma, se a proposta for impressa ou em arquivo digital, como PDF ou e-mail, prefira usar o papel timbrado com a logo da empresa. Lembre-se de que, independentemente do formato, a qualidade da imagem é muito importante.

Além disso, as informações devem estar organizadas, de preferência em tópicos. A ortografia também é importante — sempre revise o que está escrito antes de enviar.

Seja objetivo

Ao escrever a proposta de trabalho, opte por ser objetivo e claro. Isso evita excessos e deixa as informações mais diretas e nítidas para o profissional. Apesar disso, não dispense uma saudação e cordialidade. Seja educado, mas não peça favores, como "por favor".

Isso pode dar a impressão que você está implorando por algo. Por fim, deixe em aberto a possibilidade para uma reunião presencial ou por videochamada para fazer uma apresentação.

Não atrase com a proposta

Quando você encontra o candidato perfeito, ação imediata é essencial. Se um alto talento for muito procurado, qualquer atraso na oferta pode fazer com que os candidatos aceitem uma oferta de emprego em outro lugar (potencialmente até em um concorrente). Sendo assim, é importante agir rapidamente quando se trata de fazer uma oferta de emprego.

Apresente os pontos positivos da proposta

Esse tópico não é apenas sobre salário. É importante estabelecer todos os benefícios que a sua empresa quer oferecer àquele profissional. Esse também é o momento de detalhar e apresentar todos os pontos positivos em trabalhar na sua equipe. Lembre-se de ser realista e não propor algo que sua instituição não possa cumprir depois. Isso vai agregar valor para a sua marca e ajudará o candidato a medir os prós e contras de mudar de emprego.

Esteja de acordo com o salário e os outros benefícios

Estabelecer acordos salariais é uma parte fundamental de uma oferta formal de trabalho e um certo grau de negociação é normal. Os melhores candidatos, normalmente, têm uma boa noção do seu valor no mercado. Isso torna essencial que sua faixa salarial mínima e máxima reflita as qualificações, experiências e as habilidades que seu candidato preferido traz à mesa.

O Guia Salarial da Robert Half é um recurso útil nesse momento. Ele fornece indicadores salariais e as tendências do mercado para que você veja se o salário que está oferecendo é competitivo. Assim como, se as expectativas do candidato são razoáveis.

Enquanto o salário é um fator importante, os candidatos vão querer olhar para o pacote inteiro de benefícios antes de decidir se aceitam a posição. Além dos benefícios financeiros, pode valer a pena lembrar ao candidato as vantagens de trabalhar para sua organização em detrimento de outras. Esses diferenciais podem incluir uma cultura estimulante da empresa, programas formais de desenvolvimento profissional, progressão na carreira e oportunidades para acordos de trabalho flexíveis.

Alguns graus de flexibilidade podem ser solicitados se você tiver um excelente candidato que não queira perder. Você pode precisar oferecer um salário maior do que o originalmente planejado, mas seja aberto e transparente sobre o quanto está disposto a chegar.

Guia Salarial

Elabore uma carta de oferta de emprego

Embora uma oferta inicial de trabalho possa ser feita verbalmente, é importante fazer o backup por escrito o mais rápido possível com uma carta formal de compromisso. Isso descreverá os termos e condições do emprego, e estabelecer os detalhes básicos, incluindo:

  • posição e nome do cargo oferecido;
  • data de início;
  • jornada de trabalho;
  • pagamento e outros elementos;
  • termos de qualquer período probatório, se aplicável;
  • termos de rescisão de emprego e aviso prévio.

Uma oferta de emprego deve estar acompanhada pela descrição da posição e uma lista das responsabilidades exigidas para a posição. Nessa fase, lembre-se que "tempo é dinheiro". Certifique-se de fazer uma oferta de emprego assim que fizer sua escolha. Os candidatos podem ficar frustrados com um processo de recrutamento prolongado. Isso aumenta a probabilidade de se candidatarem a funções em outros locais.

Prepare-se para uma contraproposta

Em um mercado competitivo, é comum que os candidatos de alto calibre recebam uma contraproposta de seu empregador atual. Vale a pena estar preparado para isso.

Se um candidato mencionar uma contraproposta, deixe-o explicar as circunstâncias. Eles podem não ter certeza se a mudança para sua organização é o passo certo. Se esse for o caso, pense em como você pode tranquilizá-lo de que assumir o novo cargo é uma escolha sábia de carreira.

Se o empregador atual do candidato oferecer um aumento de salário ou uma promoção, considere se isso é algo que sua empresa pode corresponder de maneira realista ou se existe algum outro tipo de benefício que você negligenciou.

De qualquer forma, evite ser pego em uma guerra de lances com a outra empresa. Mesmo que você ganhe, poderá encontrar dificuldades para manter o funcionário.

Defina um prazo para uma decisão final

Mudar para um novo emprego é uma decisão importante e, mesmo que você precise preencher a vaga rapidamente, esteja preparado para dar ao candidato tempo para considerar sua oferta de emprego. Oferecer um tempo de resposta de 24 a 48 horas é razoável — possivelmente mais longo para cargos seniores ou executivos. No entanto, deixe claro que você gostaria de uma resposta dentro de alguns dias.

Esperar mais do que isso pode ser arriscado. O candidato pode estar considerando uma oferta de emprego em outra organização. Sendo assim, você não quer ser o gerente de contratação que perdeu uma oportunidade de ouro.

Dito isso, fique atento aos sinais de alerta de que o candidato não deseja realmente trabalhar para sua empresa. Se o candidato estiver claramente hesitante em aceitar sua oferta ou adiar a resposta, pode ser hora de reconsiderá-lo.

Portanto, a sua proposta de trabalho deve estar bem-detalhada, concisa e coerente. É essencial inserir todas as informações necessárias para ajudar o profissional a tomar a decisão de integrar o seu time. Com isso, uma proposta atraente e irresistível pode ser eficiente, mas é importante estar de acordo com a realidade da sua empresa.

Ao seguir essas etapas, você aumenta a probabilidade de receber uma resposta positiva à sua oferta e de dar as boas-vindas a um novo funcionário excelente à sua organização.

Então, gostou de saber como criar uma proposta de trabalho eficiente? Aproveite e curta nossa página no Facebook. Assim, você acompanha mais conteúdos como este!

Recrutamento especializado

More From the Blog...