O que atrai mais o candidato na busca por uma vaga?

Por Robert Half 4 de julho de 2019

Na busca por uma vaga, o que atrai mais os candidatos hoje em dia: altos salários ou a possibilidade de se desenvolver profissionalmente? De acordo com a 8º edição do Índice de Confiança da Robert Half, é claro que dinheiro ainda é importante e fundamental para a vida das pessoas, mas os empregadores agora têm um grande desafio de estruturar um bom plano para atrair e reter os melhores talentos.

ENVIE SEU CURRÍCULO

O que mais atrai os candidatos?

Confira os resultados da pesquisa feita pela Robert Half: 

 

Possibilidade de crescimento 40%
Pacote de benefícios 20%
Valores e propósitos da empresa 17%
Distância entre casa e trabalho 5%
Autonomia 5%
Flexibilidade de horário 4%
Reputação da empresa 4%
Possibilidade de trabalhar remotamente 2%
Carga horária 1%

O que avaliar numa proposta?

Muitas são as questões a serem avaliadas na hora de aceitar um proposta de trabalho, principalmente no caso de uma mudança de emprego. No vídeo abaixo, Vítor Silva, gerente de recrutamento da Robert Half, fala sobre um caso específico. A pessoa acabou de começar em uma empresa, mas recebeu uma outra proposta com um salário maior, o que fazer?

Segundo Silva, algumas análises devem ser feitas. "Relembre o que te fez aceitar a proposta da empresa onde está. Foi só o salário? A nova proposta é igual à que você tem, fora o salário maior? Caso o volume de trabalho também aumente, você está realmente preparado para o tamanho do desafio?", pondera.

Confira o vídeo:

Todas as movimentações da carreira devem levar em conta um planejamento no médio prazo. Há casos em que não vale a pena o desgaste de se queimar com outras pessoas apenas por dinheiro. É preciso comparar outros aspectos das oportunidades, como, por exemplo, escopo de trabalho, chances de desenvolvimento, localização da companhia e clima organizacional. 

Faça download do Índice de Confiança Robert Half

O ICRH monitora o sentimento de recrutadores, profissionais empregados e desempregados com relação ao mercado de trabalho e economia atualmente e para os próximos seis meses.

More From the Blog...