A resposta certa para ‘qual sua pretensão salarial?’

Por Robert Half 23 de abril de 2019

Para muita gente, informar a pretensão salarial para uma vaga de emprego pode ser uma das tarefas mais difíceis de serem cumpridas durante um processo seletivo. A pergunta certamente vai aparecer em alguma etapa do processo, e não é legal se atrapalhar neste momento. Você tem que estar preparado para respondê-la sem que o recrutador a veja como uma proposta indecente e ao mesmo tempo sem prejudicar o seu bolso.

Como posso "calcular" minha pretensão salarial?

Um aumento salarial numa transição entre empregos de 10% a 20% é bastante razoável numa economia saudável. Em momentos de mais incertezas, no entanto, talvez não seja possível ter este upgrade salarial, mas se a companhia lhe interessa, há perspectiva de melhora no futuro ou você considera o posto fundamental para sua carreira, faça as contas de quanto você precisa para sobreviver. Deixe claro para o recrutador porque a nova situação compensa para você e as características da empresa e do trabalho que lhe chamam atenção.

BAIXAR O GUIA SALARIAL

As dúvidas falam ainda mais alto quando se está iniciando no mercado de trabalho ou tentando uma mudança total, como uma nova carreira, por exemplo. Nestes casos, pesquise. Comece consultando tabelas setoriais. É bom também pesquisar informações sobre a empresas e conversar com seus pares. Durante a entrevista, também vale tentar deixar o caminho aberto para tentar ouvir uma proposta do recrutador.

Devo colocar pretensão salarial no currículo?

Essa é uma dúvida muito comum e que deixa muitos candidatos nervosos. Então, a resposta é: não. No entanto, algumas empresas solicitam essa informação já no descritivo de vaga. Em casos como esse, para participar do processo, você deve informar o valor no documento antes de enviá-lo para a companhia.

Assista à explicação

Carolina Cabral, gerente de recrutamento da Robert Half, fala sobre o tema:

Perguntas Frequentes

Clique no botão abaixo para assistir todos os vídeos da série.

ASSISTIR AOS VÍDEOS

More From the Blog...