Planejamento de carreira como estratégia de motivação

Por Robert Half 5 de fevereiro de 2018

Por Fernando Mantovani

Muitas empresas hoje reconhecem a necessidade de colocar o desenvolvimento profissional dos funcionários no cerne da política da empresa. Por quê? Seus colaboradores estão exigindo isso. Profissionais talentosos querem trabalhar para uma empresa que os ajudará a construir e avançar em sua carreira.

Investir em boas políticas de retenção, incluindo treinamentos e um plano de carreira claro, deve fazer parte, também, do pensamento da liderança. Um bom líder deve apoiar – e trabalhar para - o avanço da carreira dos membros de sua equipe. Ele também tem muito a ganhar com isso.

Abaixo eu listo sete maneiras de mostrar aos seus colaboradores que você, como líder, está empenhado em ajudá-los a crescer profissionalmente:

1. Seja presente

Destine um tempo para se encontrar regularmente – e individualmente - com os membros da equipe para aprender sobre suas aspirações, expectativas e frustrações. Esta atitude pode ajudar na motivação do time e, consequentemente, a maior produtividade e lealdade.

Além disso, ajude seus funcionários a traçar um plano de carreira dentro da empresa, para que eles possam visualizar melhor seu futuro na companhia. Uma comunicação clara e consistente sobre as oportunidades de promoção pode ajudar os trabalhadores a se sentirem mais engajados e capacitados.

2. Incentive o aprendizado constante

O treinamento contínuo e a educação são importantes para o desenvolvimento profissional de um funcionário. Certifique-se de que cursos e oficinas - subsidiados pela empresa - fazem parte do plano de carreira.

Além de nutrir necessidades individuais e habilidades específicas, estimule os funcionários a acompanharem o que está acontecendo em sua área de atuação. Além disso, recompense os melhores talentos enviando-os para conferências onde eles podem aprender e trocar experiências e boas práticas.

3. Promova o job rotation

O cérebro humano prospera em variedade e o job rotation é uma maneira inteligente de mexer com a rotina diária de seus trabalhadores. Incentive-os a trabalhar em departamentos ou cargos diferentes, mas relacionados. Essas oportunidades irão ajudá-los a ganhar novas habilidades, a entender o trabalho do outro e a compreender melhor o negócio. Enquanto isso, a empresa e você se beneficiarão com uma equipe mais motivada, informada e redonda.

4. Incentive a troca de conhecimento

Já comentei em outra ocasião sobre os benefícios dos programas de mentoria. Embora muitas vezes vista como uma transferência de conhecimento de funcionários veteranos para os menos experientes, a orientação é benéfica para ambos os lados. Enquanto os membros da equipe sênior podem oferecer os insights e orientação profissional conquistados ao longo dos anos para seus colegas juniores, eles também podem se beneficiar das novas perspectivas e do conhecimento tecnológico das gerações mais jovens na força de trabalho.

5. Apoio o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal

O trabalho árduo é um pré-requisito para o avanço da carreira, mas isso não significa necessariamente passar, regularmente, 12 horas por dia no escritório. Incentive seus funcionários a otimizarem o tempo, maximizarem sua eficiência e dedicarem tempo e energia para interesses fora do trabalho.

Promova ações que foquem no bem-estar da sua equipe em vez de esperar por problemas como o estresse e o desgaste. Incentive com seus pares e a diretoria políticas para melhorar o equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal. Isso ajuda os funcionários a encontrarem tempo para fazer seu trabalho, aproveitar sua vida fora do escritório e também as oportunidades de desenvolvimento profissional disponíveis.

6. Mostre o papel de cada um – e a sua importância

Deixar claro o papel e a missão de cada um dentro da empresa pode aumentar sua motivação para expandir suas responsabilidades e avançar na companhia.

Não conclua que eles já sabem como seu trabalho agrega valor. Assegure-se de fornecer atualizações regulares sobre o progresso da organização em direção aos objetivos-chave e recompense os funcionários por realizações específicas que têm ajudado a impulsionar o negócio em direção a esses objetivos.

7. Crie um planejamento sucessório

O plano de sucessão demonstra aos membros da equipe que você não só quer investir em seu desenvolvimento profissional, mas também vê-los evoluir como futuros líderes da empresa. Essa é uma mensagem poderosa. Crie um plano de sucessão para cada posição-chave da sua organização. Isso pode ajudar a motivar os funcionários a aprender as habilidades e os conhecimentos necessários para o avanço da carreira.

Se seus funcionários não estão alcançando seu potencial porque sentem-se negligenciados, priorize o desenvolvimento profissional e o avanço da carreira. Faça um esforço claro para cultivar um ambiente de crescimento para seus trabalhadores. É um investimento que pode gerar enormes retornos para sua equipe e a empresa.

* Fernando Mantovani é diretor geral da Robert Half

More From the Blog...