7 razões para ninguém ler o seu currículo

Procurar emprego nunca é fácil, especialmente quando você envia vários currículos e não recebe nenhuma resposta. Afinal, você o preparou com tanto capricho, por que ninguém te retorna? A verdade é que você está competindo com muitos outros candidatos e muitos outros currículos. Se o seu CV não chama imediatamente a atenção de um recrutador, ele provavelmente vai se tornar apenas um resumo lido no topo de uma pilha interminável na mesa de um headhunter. Sejamos francos, talvez seu CV não esteja fazendo um bom trabalho para você. Listamos 7 razões para ninguém ler o seu currículo. Se identificar que alguma delas tem a ver com você, é hora de mudar.

1. Muito longo
O tempo é crucial para todos nós, incluindo os recrutadores e empregadores potenciais. Ao compilar seu currículo, certifique-se que não é muito longo. Se a primeira impressão que seu currículo dá é que ele divaga, você já um mau começo. Mantenha seu CV curto e objetivo. Procure algumas dicas e modelos. Escreva o seu, leia, releia e edite deixando somente o que é realmente necessário. Se você for convidado para uma entrevista, você vai ter tempo para falar da sua carreira.

2. Experiência irrelevante
Coloque sempre o seu cargo atual no início da primeira página – que, geralmente, é o que o seu futuro empregador está procurando imediatamente. Descreva sua experiência em ordem cronológica, do mais recente para o mais antigo. Inserindo somente as que realmente importam e têm relevância para a vaga pretendida.

3. Mal escrito
Uma das habilidades que tem sido muito valorizada pelos empregadores comunicação. Se o seu currículo é desajeitado e cheio de erros ortográficos, sua credibilidade será posta em dúvida. Sempre verifique a ortografia de seu trabalho, nunca use linguagem informal ou gírias. Evite abreviaturas e jargões. Se você estiver enviando o seu CV a partir do seu endereço de e-mail pessoal, certifique-se que é profissional. Não cai bem o recrutador receber um e-mail [email protected].

4. Foco errado
Muitas pessoas começam o seu CV com uma lista imensa do histórico educacional. Isso certamente tem um lugar em seu currículo, mas com certeza não é no início (ninguém está interessado em saber se você recebeu a medalha de honra ao mérito durante a faculdade). Evite qualificações obsoletas e torne a experiência de trabalho a prioridade.

5. Criatividade desnecessária
Existe um consenso geral de como um currículo deve ser apresentado. Então, não tente “preencher o vazio” inventando moda, com fontes fora do padrão, gráficos, imagens ou um formato difícil de abrir. Você pode tentar fazer diferente, mas cuidado para não ser confuso ou incoerente. Lembre-se que o currículo tem que ser um arquivo fácil de ler e abrir. Prefira salvá-lo em um tipo de arquivo universalmente amigável, como um PDF, por exemplo.

6. Preferências pessoais
Tente não fazer seus interesses pessoais ganharem mais importância que sua experiência profissional. Mantenha-os razoavelmente imparcial e politicamente corretos. Por exemplo, não se declare de direita com filiações partidárias firmes ou crenças religiosas. Fortes paixões pessoais, como músicos favoritos, atores ou atletas, não pertencem ao seu currículo.

7. Falso conhecimento
Se você quer ser considerado um profissional capacitado, seja honesto sobre a sua experiência e habilidades. Não insira funções que não fazem parte do seu histórico – em algum momento você será testado sobre isso e poderá falhar. Não vale a pena correr o risco.

Traduzido e adaptado do original 7 reasons no one will read yor resume.

Tags: Currículo

Compartilhar essa página