Coronavírus (COVID-19)

Perguntas Frequentes

 

Q: Que medidas de proteção posso tomar para evitar uma possível contração do COVID-19?

Siga as diretrizes descritas no site do Ministério da Saúde: https://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/coronavirus.

  • Evite contato próximo com pessoas doentes.
  • Evite tocar seus olhos, nariz e boca.
  • Fique em casa quando estiver doente.
  • Cubra sua tosse ou espirre em seu cotovelo ou com um lenço de papel e depois jogue-o no lixo.
  • Limpe e desinfete objetos e superfícies tocados com frequência.
  • Lave as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, principalmente depois de ir ao banheiro, antes de comer e depois de assoar o nariz, tossir ou espirrar.
  • Se sabão e água não estiverem prontamente disponíveis, tenha sempre a mão o álcool em gel.
  • Considere limitar o contato casual ao cumprimentar outras pessoas (evite, por exemplo, abraços, beijos e, até aperto de mãos).

Informações importantes para o profissional temporário da Robert Half na atribuição ou implantação em um projeto:

Q: E se eu testar positivo para Coronavírus (COVID-19)?

Ligue imediatamente para (11) 4096-0130 e informe-nos que você testou positivo para COVID-19 e receberá mais orientações.

A Robert Half entrará em contato diretamente com o cliente para informar sobre a sua situação.

Q: E se eu tiver sido exposto no meu local de trabalho a alguém que testou positivo para COVID-19?

Entre em contato imediatamente com o escritório local da Robert Half e informe que você acredita ter sido exposto no local de trabalho a alguém que deu positivo para COVID-19. Você receberá mais orientações.

Q: E se eu ficar doente? O que devo fazer?

Sua saúde e bem-estar são da maior importância. Entre em contato com o escritório local Robert Half ou com o seu consultor se estiver doente. Neste caso, não vá trabalhar ou, se estiver no trabalho, vá para casa imediatamente.

Procure atendimento médico o mais rápido possível.

Se você for diagnosticado com COVID-19, fique em casa até se recuperar e receber autorização médica para voltar ao trabalho. A Robert Half informará o cliente sobre sua disponibilidade e quando você poderá retornar ao trabalho.

Q: E se o local de trabalho onde eu estou alocado fechar?

Entre em contato com o escritório local Robert Half ou com o seu consultor imediatamente e informe-os de que o cliente decidiu fechar o(s) escritório(s). A Robert Half trabalhará com o cliente para determinar se o seu trabalho pode ser feito remotamente e se você pode fazê-lo.

Se o trabalho remoto não for possível, sua tarefa ou projeto poderá terminar; geralmente isso fica a critério do cliente. Faremos o possível para encontrar outra oportunidade para você continuar trabalhando.

Q: Serei pago se estiver em casa doente?

De acordo com a legislação previdenciária brasileira, o empregado poderá se afastar do emprego em caso de doença (sem prejuízo dos salários) por até 15 dias consecutivos. Passados os 15 dias, se você não tiver possibilidade de retornar ao trabalho, será encaminhado ao INSS para dar entrada no auxílio doença, após passar pela perícia.

Q: Se a empresa onde estou alocado me solicitar uma viagem internacional para a realização de um trabalho, o que devo fazer?

As viagens são suspensas para todos os países mencionados nas listas restritas do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde e com base nos últimos avisos e notificações do governo. Os países com avisos de viagem mudam frequentemente. A Robert Half está monitorando esses avisos e você também é incentivado a fazê-lo.

Se você estiver confortável em viajar, siga as diretrizes de viagem do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde. Se você não se sentir confortável em viajar, não precisará ir. Entre em contato com o escritório local da Robert Half e informe-os de que você foi convidado a viajar e não se sente à vontade para fazê-lo. Trabalharemos com o cliente em relação às suas preocupações.

Q: E se o cliente me pedir para viajar internamente para a realização de um trabalho?

Se uma viagem de negócios exigir que você viaje muito além do seu trajeto diário regular, viagens aéreas, pernoite ou viagens prolongadas em transporte de massa, e você não se sinta à vontade para fazê-lo, entre em contato conosco.

Informe o escritório local da Robert Half ou o seu consultor que você foi convidado a viajar e não se sente confortável, dada a situação. Trabalharemos com o cliente em relação às suas preocupações.

Q: E se a creche ou escola do meu filho(a) for fechada devido à uma potencial exposição ao coronavírus?

Se você não tiver com quem deixar seu filho(a) durante esse período, entre em contato com o escritório local da Robert Half ou com seu consultor e eles poderão avaliar com o cliente se o trabalho pode ser feito remotamente. Caso contrário, sua tarefa poderá terminar; geralmente isso fica a critério do cliente. Trabalharemos com você para encontrar outra tarefa ou projeto, com base na sua disponibilidade.

Q: E se eu tiver feito uma viagem particular para outro país, devo informar a Robert Half ou o cliente?

Se você viajou para um país sem restrições de viagem do Ministério da Saúde e da OMS (Organização Mundial da Saúde) e não está sentindo nenhuma doença ou sintoma, não é necessário comunicar.

No entanto, se você visitou recentemente um país ou área sob restrição de viagem, entre em contato com o escritório da Robert Half ou com o seu consultor para obter mais orientações antes de retornar ao trabalho.

Back to Top