Tomada de decisão lenta emperra contratações no Brasil

17 de outubro 2013

 

São Paulo, julho de 2013 – A demora na tomada de decisão é o principal desafio enfrentado na hora de contratar profissionais, de acordo com 36% dos diretores de recursos humanos brasileiros. Em seguida estão a baixa remuneração (35%) e longos processos de seleção (32%). Os dados são da pesquisa realizada pela Robert Half com 1.775 líderes de RH em 13 países.

“O alto nível de exigência das empresas e o medo de errar no momento da contratação são desafios constantes. Muitas vezes elas buscam profissionais que preencham 100% dos requisitos técnicos e comportamentais, o que normalmente alonga a duração dos processos”, afirma Mário Custódio, gerente da divisão de RH da Robert Half.

Globalmente, o cenário é diferente da realidade brasileira. De acordo com a pesquisa, as principais dificuldades apontadas pelos lideres de recursos humanos em todo o mundo foram contratações congeladas (36%), demora na tomada de decisões (31%) e longos processos de seleção (30%).

 

Compartilhar essa página