Robert Half dá 5 dicas para montar seu primeiro currículo

O currículo é o seu primeiro contato com o recrutador. Por isso, organizar bem as informações e com objetividade é essencial para chamar a atenção do headhunter. Para te ajudar a conquistar seu primeiro emprego, a gerente de recrutamento da Robert Half, Maria Eduarda Silveira, separou algumas dicas para elaborar um currículo de destaque:

1. Comece com seus dados

A sugestão é incluir, logo no começo, seus dados pessoais: nome, data de nascimento, endereço e formas de contato, como telefone e e-mail. Tome cuidado para não digitar nenhum número ou letra errado, ou se esquecer de colocar o DDD, porque isso pode inviabilizar o recrutador de chegar até você.

2. Monte tópicos

Texto corrido não facilita a leitura, principalmente para um profissional que está analisando vários currículos. Sendo assim, coloque o texto em tópicos, destaque os pontos mais importantes e espere o dia da entrevista para explicar cada um deles.

3. Idiomas

É importante destacar seu domínio de idiomas, bem como sua disponibilidade para deslocamento ou mudança de cidade, estado ou país. Pode até parecer que esses pontos deveriam ficar para um segundo momento, mas são informações que ajudam os recrutadores a direcionar melhor as vagas de seu interesse.

4. Inclua outras competências relevantes

Se a vaga pede, por exemplo, experiência com liderança de equipes e você não teve nenhuma prática relacionada, mas participou de algum projeto voluntário, inclua o voluntariado no currículo e aponte a experiência de liderança que você desempenhou: quantas pessoas gerenciou, problemas enfrentados e resultados alcançados. Afinal, neste tipo de trabalho, você desenvolve muitas competências.

5. Seja sincero

Um ponto importante: a sinceridade! Um estudo da Robert Half mostra que 33% dos recrutadores admitem excluir um candidato na primeira fase do processo seletivo por notar mentiras do currículo. Esse comportamento pode comprometer a sua credibilidade e gerar uma primeira impressão negativa por parte dos entrevistadores. É mais indicado você dizer que tem facilidade para aprender e deseja desenvolver as competências que ainda não possui. Isso vale para tudo: conhecimento técnico, experiência prática, idiomas, etc.