Pesquisa revela queda na confiança do CFO brasileiro no crescimento do país e empresas

19 de setembro 2012

 

São Paulo, setembro de 2012 – Pesquisa global da Robert Half, líder mundial em recrutamento especializado, revela a diminuição da confiança dos CFOs brasileiros na comparação dos resultados do segundo semestre com a primeira metade do ano com relação às perspectivas de crescimento da economia do País e das empresas. Apesar do otimismo ainda ser elevado, no levantamento mais recente, 87% dos CFOs aparecem confiantes com relação ao crescimento da economia brasileira no próximo ano enquanto no primeiro semestre 91% estavam otimistas. Com relação à evolução das empresas, a confiança caiu de 97% para 92% do início do ano para o segundo semestre.

Entre todos os países pesquisados, o otimismo dos brasileiros na economia do País só fica atrás dos chilenos, que lideram com 91%. Os tchecos aparecem como os mais pessimistas, com apenas 39% dos CFOs confiantes no crescimento econômico. Os italianos acompanham o clima negativo da zona do euro com 49% dos CFOs confiantes, seguidos pelos franceses com 49%.

 

 

Compartilhar essa página