Mercado de Trabalho 2016: Profissional com perfil consultivo segue em alta no departamento comercial

16 de novembro 2015

Em períodos de economia incerta, os investimentos das empresas se voltam para áreas que impactam diretamente nos resultados e faturamento, como o departamento comercial. De acordo com o Guia Salarial da Robert Half, a tendência para 2016 é a valorização dos executivos de vendas voltados a alcançar metas agressivas junto às demais equipes da companhia.

Sem exigir formação específica, na área de vendas destacam-se os profissionais que possuam carteira de clientes consolidada, apresentem alta performance e foco real na melhoria dos resultados e na oferta de soluções completas para o cliente. Essa alta exigência é resultado da falta de tempo da empresa para oferecer treinamentos ou esperar que o colaborador construa uma rede de relacionamentos. “Os profissionais valorizados são aqueles capazes de gerar novos negócios e reter os existentes, além da capacidade de negociação e habilidade de pressionar fornecedores por melhores custos e entregas”, diz Adriana Cambiaghi, diretora associada da Robert Half.

Em relação ao pacote de remuneração, as empresas tendem a focar mais na variável, como forma de reconhecer resultados. A fluência no idioma inglês deve ser um ponto de atenção aos profissionais que desejam ocupar posições estratégicas em multinacionais ou empresas locais com conexões globais.

Já o departamento marketing deve perceber mais os impactos do cenário desafiador de 2016 e passar por reestruturação, com eliminação de alguns postos e acúmulo de funções pelos remanescentes. Apesar disso, as empresas estão dispostas a negociar com profissionais de alta performance, especialmente para cargos executivos.

Quanto à remuneração, a maior valorização apontada pelo Guia Salarial da Robert Half é para o cargo de gerente geral de Marketing e Vendas, em pequena e média empresa. A previsão é de incremento de 16,7% para 2016 e variação entre R$ 25 mil e R$ 80 mil, em empresas de pequeno e médio porte.

Panorama da área de Vendas & Marketing

Oportunidades - serviços, tecnologia, telecom, varejo e bens de consumo
Demanda - diretor comercial, gerente de vendas, key account, executivo de vendas e trade marketing
Perfil valorizado - inglês fluente, perfil hands-on, perfil consultivo e atitude empreendedora
Maior valorização salarial (de 2015 para 2016) - para o cargo de Gerente Geral, com previsão de incremento salarial de 16,7% para 2016 e variação entre R$ 25 mil e R$ 80 mil, em empresas de pequeno e médio porte.

Há vagas – Os especialistas da Robert Half ressaltam que sempre vão existir oportunidades no mercado de trabalho. Em cenários positivos as companhias se expandem. Em momentos mais difíceis, as empresas passam por reestruturações. Dessa forma, os profissionais devem focar os esforços em se qualificar para a vaga pretendida, com o objetivo de se destacar entre os candidatos que a almejam. Lembrando que o inglês fluente ainda é uma grande deficiência no mercado.

Sobre a Robert Half
A Robert Half é a primeira e maior empresa de recrutamento especializado no mundo. Fundada em 1948, a empresa opera no Brasil, selecionando profissionais temporários e permanentes nas áreas de finanças, contabilidade, mercado financeiro, seguros, engenharia, tecnologia, jurídico, RH, marketing e vendas e cargos de alta gestão. Ao todo são 340 escritórios na América do Norte, Europa, Ásia, América do Sul e Oceania. A Robert Half foi eleita “A Empresa Mais Admirada do Mundo”, na categoria prestadora de serviço, de acordo com pesquisa 2015 da Revista Fortune. Há 16 anos, a empresa está presente em um dos mais importantes rankings do mundo.

Perspectiva Comunicação

Fabiana de Oliveira – [email protected]
Leonardo Stavale – [email protected]

Tel: (11) 3706.3333 – ramal 2234 / www.perspectivabrasil.com.br

Diretora de Atendimento
​Luciana Vidigal – [email protected]

Compartilhar essa página