Mercado de Trabalho 2016: Business Partner e profissionais de remuneração são os mais valorizados na área de recursos humanos

16 de novembro 2015

Há cinco anos, o profissional de Recursos Humanos vem ocupando um papel mais estratégico dentro das companhias, sendo responsável por fomentar a inspiração dos colaboradores e promover um trabalho de conscientização das lideranças, a fim de dar espaço para que novas ideias sejam ouvidas e discutidas. Dentro deste cenário, o Guia Salarial 2016 da Robert Half mostra que profissional de business partner segue como peça fundamental para traduzir as demandas das linhas de negócios e transformá-las em soluções da área de RH.

De acordo com o estudo, a tendência é que em 2016 grandes empresas deixem de lado a especialização das equipes e busquem profissionais mais generalistas, preferencialmente com experiência prévia em mais de uma área e bom conhecimento das leis trabalhistas. Em tempos de otimização de recursos e foco na produtividade, os executivos de remuneração e benefício também têm sido valorizados, graças à habilidade para estudar cargos, salários e necessidade de reestruturação, além de pacotes para atração e retenção de talentos.

“A palavra de ordem no RH é eficiência e esses executivos vão identificar oportunidades de redução de custos para a organização”, diz Mariana Horno, gerente sênior da Robert Half. Já os profissionais de atividades ligadas a programas de treinamento e desenvolvimento devem se sentir impactados pela cautela das empresas com relação a investimentos.

Quanto à remuneração na área de Recursos Humanos, a maior valorização apontada pelo Guia Salarial da Robert Half é para o cargo de Diretor em empresas de grande porte. A previsão é de incremento de 10,6% para 2016 e variação entre R$ 20 mil e R$ 32 mil.

Panorama da área de Recursos Humanos

Oportunidades – tecnologia (internet), energia, serviços e bens de consumo
Demanda – business partner, gerente generalista e coordenador generalista
Perfil valorizado – inglês fluente, visão de negócio e estabilidade no currículo
Maior valorização salarial (de 2015 para 2016) - para o cargo de diretor de Recursos Humanos em empresas de pequeno e médio porte, com previsão de incremento salarial de 10,6% para 2016 e variação entre R$ 20 mil e R$ 32 mil

Há vagas – Os especialistas da Robert Half ressaltam que sempre vão existir oportunidades no mercado de trabalho. Em cenários positivos as companhias se expandem. Em momentos mais difíceis, as empresas passam por reestruturações. Dessa forma, os profissionais devem focar os esforços em se qualificar para a vaga pretendida, com o objetivo de se destacar entre os candidatos que a almejam. Lembrando que o inglês fluente ainda é uma grande deficiência no mercado.

Sobre a Robert Half
A Robert Half é a primeira e maior empresa de recrutamento especializado no mundo. Fundada em 1948, a empresa opera no Brasil, selecionando profissionais temporários e permanentes nas áreas de finanças, contabilidade, mercado financeiro, seguros, engenharia, tecnologia, jurídico, RH, marketing e vendas e cargos de alta gestão. Ao todo são 340 escritórios na América do Norte, Europa, Ásia, América do Sul e Oceania. A Robert Half foi eleita “A Empresa Mais Admirada do Mundo”, na categoria prestadora de serviço, de acordo com pesquisa 2015 da Revista Fortune. Há 16 anos, a empresa está presente em um dos mais importantes rankings do mundo.

Perspectiva Comunicação

Fabiana de Oliveira – [email protected]
Leonardo Stavale – [email protected]

Tel: (11) 3706.3333 – ramal 2234 / www.perspectivabrasil.com.br

Diretora de Atendimento
Luciana Vidigal – [email protected]

Compartilhar essa página