Guia Salarial 2023 da Robert Half: veja as profissões em alta em Finanças e Contabilidade

Cargos mais estratégicos consolidam posição de destaque na área

São Paulo, setembro de 2022 - Passados quase três anos desde o início da pandemia, o processo de recuperação do mercado segue em ritmo acelerado, com muitos projetos represados sendo desengavetados, mesmo em meio a um contexto político e econômico que ainda gera incertezas. Diante desse cenário, executivos estão mais otimistas com o ano que vem e planejam acelerar contratações. É o que aponta o novo Guia Salarial 2023 da Robert Half. Em sua 15ª edição, para a área de Finanças e Contabilidade, o estudo destaca a manutenção do processo de valorização de atividades mais estratégicas e aborda os desafios de atração e retenção que poderão atingir as empresas que optarem pelo retorno ao modelo presencial.

Na visão de Marcela Esteves, gerente sênior de recrutamento da Robert Half, o aquecimento da área de Finanças e Contabilidade foi puxado pela tendência de valorização das posições estratégicas, que por mais um ano encabeçaram a abertura de novas vagas. “Estão sendo altamente demandados aqueles profissionais ligados à preparação estratégica para a expansão dos negócios, sobretudo na área de planejamento financeiro e modelagem financeira”, salienta Marcela. 

TOP 4 prioridades dos CFOs para 2023

Investir em novas tecnologias/processos/sistemas

45%

Identificar oportunidades de crescimento

44%

Aumentar a eficiência e a produtividade

39%

Automação de processos com foco em produtividade e redução de custos

30%

Atração e retenção X flexibilidade   

Verifica-se que a esmagadora maioria (93%) dos executivos financeiros está mais confiante na comparação com os últimos 12 meses, o que incentiva a abertura de novas vagas de trabalho: 39% das empresas pretendem abrir novas posições, enquanto 51% planejam preencher vagas abertas, mas sem aumentar o headcount. No entanto, as empresas estão se deparando com dificuldades, visto que a taxa de desemprego segue caindo e os bons talentos, que não estão tão disponíveis, muitas vezes lidam com mais de uma proposta em mãos, especialmente em mercados mais aquecidos, como o de Finanças e Contabilidade. 

Conforme revela a pesquisa, grande parte dos executivos (63%) acredita que encontrar profissionais qualificados será mais desafiador e 85% estão preocupados com a retenção de seus melhores talentos. Por outro lado, apesar de considerarem o trabalho remoto positivo em diversos aspectos, executivos de finanças devem pedir que colaboradores retornem aos escritórios. De acordo com o estudo, 37% dos executivos disseram que o modelo de trabalho deve voltar 100% ao presencial, contra 36% optando pelo híbrido e 17% pelo totalmente remoto (10% não têm uma definição específica). 

“Assim como em outras áreas, essa é uma questão que impacta diretamente na atração e retenção de profissionais. Os executivos defendem que reuniões importantes sejam feitas pessoalmente e que algumas métricas, como insatisfação e estresse, são difíceis de mensurar à distância. Além, é claro, da complexidade de gerir equipes remotas”, aponta a gerente sênior da Robert Half. “Contudo, a falta de flexibilidade, tanto de horários quanto de locais de trabalho, assim como o aumento da abordagem da concorrência, estão entre os aspectos que mais motivam pedidos de demissão. No mercado que temos hoje, frequentemente vemos profissionais com mais de uma proposta em mãos, possibilitando a escolha de oportunidades mais alinhadas ao seu momento de vida”, completa.

Fernando Mantovani, diretor-geral da Robert Half, reforça a temática. “Por mais desafiador que o processo de implementação do modelo híbrido possa ser, é importante encará-lo como um reflexo dos novos tempos. Caminhar no sentido inverso sem uma justificativa plausível é se prender a uma realidade que não dá indícios de retorno”, alerta Mantovani.

Profissões em alta para 2023
(Fonte: Guia Salarial 2023 da Robert Half/valores em reais)

 

FINANÇAS E CONTABILIDADE

  • Segmentos que lideram as contratações: Infraestrutura (logística/energia/concessões), Serviços (educação/telecom), Farmacêutico/Healthcare, Agronegócio, Bens de consumo, Tecnologia;
  • Áreas mais demandadas: Planejamento Financeiro/Controladoria, Modelagem Financeira, Contábil/Fiscal (coordenador/gerente), Controller, Tesouraria/Financeiro;
  • Habilidades técnicas: Automatização de processos, Excel e BI, Modelagem financeira e valuation, ERP de mercado, Inglês;
  • Habilidades comportamentais: Flexibilidade, Adaptabilidade, Dinamismo, Resiliência, Comunicação, Relacionamento interpessoal;
  • Algumas perspectivas de remuneração para 2023:

 

    • Coordenador de planejamento/controladoria: P/M - 12.000 | 14.000 | 16.600; G - 15.000| 17.000 | 21.000
    • Coordenador de modelagem financeira/m&a/ri/tesouraria estruturada: P/M - 14.000 | 16.200 | 19.900; G - 17.000 | 19.000 | 24.000
    • Controller: P/M - 16.800 | 20.750 | 25.150; G - 25.350 | 31.600 | 39.000
    • Gerente de Auditoria/Controles Internos: G - 21.900 | 27.750 | 36.950
       

NOTAS
 

Metodologia - Guia Salarial 2023

O Guia Salarial da Robert Half apresenta três faixas salariais por cargo, determinadas pelo nível de qualificação e experiência do candidato, bem como pela complexidade de seu cargo ou indústria e setor de atuação. Os salários são divididos em percentis, representados por 25º/ 50º/ 75º, sendo que 50º não significa, necessariamente, a mediana do salário para determinado cargo. Os critérios para determinar em que faixa o perfil se encontra podem variar em torno da experiência na função, tempo no segmento, características setoriais, demanda e disponibilidade pelo perfil no mercado, habilidades e certificações extras. O percentil 25º representa um(a) candidato(a) que ainda é novo(a) no trabalho ou que ainda está desenvolvendo habilidades relevantes, já o 75º representa aquele(a) candidato(a) que tem mais experiência do que a típica e conta com todas as habilidades relevantes para o trabalho, além de especializações e certificações, por exemplo.

Faturamento das empresas (quando mencionado):

P/M - até R$ 500 milhões

G - acima de R$ 500 milhões

 

Guia Salarial 2023 da Robert Half

O Guia Salarial da Robert Half é uma das mais respeitadas fontes de informação sobre remuneração e tendências de recrutamento para auxiliar empresas e profissionais a tomarem as melhores decisões. Traz a tabela salarial de mais de 300 cargos em diversas áreas, apresenta profissões e habilidades mais demandadas em todas as divisões de atuação da consultoria, com dados que refletem a realidade de vagas trabalhadas na Robert Half e informações das salas de entrevista.

Sobre a Robert Half

É a primeira e maior empresa de soluções em talentos no mundo. Fundada em 1948, a empresa opera no Brasil selecionando profissionais permanentes e para projetos especializados nas áreas de finanças, contabilidade, mercado financeiro, seguros, engenharia, tecnologia, jurídico, recursos humanos, marketing e vendas e cargos de alta gestão. Com presença global e atuação na América do Norte, Europa, Ásia, América do Sul e Oceania, a Robert Half aparece em listas das empresas mais admiradas do mundo. A Robert Half é reconhecida, também, por seu compromisso de promover a igualdade e proporcionar uma cultura que apoia a diversidade.

Mais informações para a imprensa - Robert Half:

RPMA Comunicação

Giulia Szpektor (11) 94386-9965

[email protected]

Edvaldo Chequetti (19) 99686-7410

[email protected]