Foco da Receita Federal, área tributária será a que mais demandará profissionais para projetos especializados

11 de julho 2016

Oportunidades em projetos garantem rápida recolocação no mercado e desenvolvimento da carreira

A área tributária será a que mais oferecerá oportunidades para profissionais com foco em projetos especializados. A razão do aquecimento está relacionada ao foco da fiscalização da Receita Federal em 2016, que promete gerar pico de demanda por conta de questões como segregação de atividades, reorganizações societárias, contratação de serviços de pessoa jurídica, pagamento sem causa, entre outros aspectos. “As empresas terão de se adequar e dedicar atenção aos focos de fiscalização do governo para evitar penalizações e prejuízo financeiro. Como a área financeira já é naturalmente sobrecarregada, a solução de contratação de mão de obra por meio de projetos especializados e por tempo determinado se torna muito eficaz para atacar questões pontuais e aliviar a pressão no restante da equipe”, explica Caio Arnaes, gerente sênior da divisão de Projetos da Robert Half.

Além da área tributária, também existem oportunidades interessantes para projetos de implantação de sistemas, ausência programada ou repentina de colaboradores responsáveis por funções-chave e operações de fusões, aquisições ou reestruturação administrativa. Os setores de varejo, de agronegócio e farmacêutico são os mais aquecidos para posições ligadas à projetos especializados.

Nesse contexto, a Robert Half ocupou um importante lugar como consultoria de soluções para Projetos Especializados. “Diante de um problema, o cliente precisa de uma solução imediata. Ele não tem tempo a perder. Nosso grande diferencial é ter acesso a profissionais altamente qualificados, o que nos permite encontrar o especialista mais adequado em apenas um dia útil”, afirma Lucas Nogueira, gerente sênior da divisão de Projetos da Robert Half. O executivo também destaca a parceria com o cliente para definir o escopo do projeto: “Hoje, temos experiência para entender o cenário e desenhar o projeto dentro do budget existente. Dessa forma, indicamos exatamente a quantidade de pessoas necessárias, evitando gastos extras”, completa.

Desde o início da operação de recrutamento de profissionais para projetos especializados, em 2009, a Robert Half viu a demanda crescer ano a ano, de posições mais transacionais até as de gestão. Em recente pesquisa da empresa, 58% dos 100 CFOs brasileiros entrevistados notaram nos últimos três anos o aumento da contratação desses profissionais, na empresa em que atuam. O estudo revelou ainda que 96% dos diretores financeiros do País consideram a opção eficiente. “Toda companhia aberta a ter uma equipe que contemple profissionais permanentes e de projetos consegue reagir com mais agilidade aos movimentos do mercado e, dessa forma, manter-se mais competitiva”, explica Arnaes.

De acordo com o executivo, o perfil ideal do profissional que atua em projetos especializados alia amplo conhecimento técnico da área em que vai atuar, além de competências como a capacidade de autogestão, proatividade, foco em resultados e, em alguns casos, domínio do idioma inglês. “É cada vez maior o número de profissionais talentosos que optam por trabalhar com projetos temporários, em virtude da oportunidade de ter experiência em diferentes indústrias, expandir as habilidades e, principalmente, da rápida recolocação no mercado de trabalho”, diz.

Surge uma nova carreira – Em média, os Projetos Especializados têm quatro meses de duração e há casos em que os profissionais chegam a ser contratados ao final da ação. Outros executivos, porém, visualizam nos Projetos Especializados uma nova carreira e ganham em aumento de networking, indicação para outros trabalhos, maior volume de conhecimento, equilíbrio entre vida pessoal e profissional e valorização salarial.

Dentro da Lei - Nos Projetos Especializados, os profissionais temporários são contratados via CLT, com todos os direitos de um profissional permanente. A contratação é regulamentada pela Lei Federal 6.019, para o período de três meses, podendo ser estendida por igual período.

 

Sobre a Robert Half

A Robert Half é a primeira e maior empresa de recrutamento especializado no mundo. Fundada em 1948, a empresa opera no Brasil, selecionando profissionais temporários e permanentes nas áreas de finanças, contabilidade, mercado financeiro, seguros, engenharia, tecnologia, jurídico, recursos humanos, marketing e vendas e cargos de alta gestão. Ao todo são 325 escritórios na América do Norte, Europa, Ásia, América do Sul e Oceania. Em 2016, a Robert Half foi novamente eleita uma das Empresas Mais Admiradas do Mundo”, de acordo com pesquisa da Revista Fortune. Há 17 anos, a empresa está presente em um dos mais importantes rankings do mundo.

 

Perspectiva Comunicação

Lais Dias – [email protected]

Fabiana de Oliveira – [email protected]

Leonardo Stavale – [email protected]

Tel: (11) 3706.3333 – ramal 2234/ www.perspectivabrasil.com.br

Diretora de Atendimento

Luciana Vidigal – [email protected]

Share This Page