Cresce expectativa de aumento salarial para executivos financeiros

7 de outubro 2013

 

São Paulo, outubro de 2012 – Os executivos da área de finanças e contabilidade podem se animar com relação às possibilidades de ganho salarial nos próximos 12 meses. De acordo com pesquisa global da Robert Half, líder mundial em recrutamento especializado, 74% dos CFOs acreditam que os salários devem aumentar no próximo ano, sendo que 34% apostam em incremento superior a 10%. Levantamento semelhante realizado no início do primeiro semestre mostrava menos otimismo, quando 64% reponderam que os salários aumentariam.

Entre os países pesquisados, o otimismo brasileiro com relação ao crescimento dos salários dos executivos de finanças e contabilidade só fica atrás dos suíços. Na média mundial, apenas 37% dos CFOs aposta em incremento na remuneração dos executivos financeiros.  

O mesmo cenário se repete com relação à expectativa de aumento dos bônus financeiros. No Brasil, 57% dos CFOs apostam em crescimento, sendo que 44% deles acreditam em evolução dos bônus acima de 9%. A situação é ainda mais favorável, se comparada com os resultados obtidos no primeiro semestre, em que apenas quatro em dez diretores financeiros imaginavam aumento do benefício nos próximos 12 meses. Outra vez a Suíça foi o único país mais otimista que o Brasil, com 63% dos CFOs.

De acordo com a Pesquisa Salarial da Robert Half, os profissionais brasileiros da área financeira já tiveram valorização nos salários em torno de 15% a 20% neste ano.

Sobre a Robert Half

A Robert Half é a primeira e maior empresa de consultoria de recrutamento no mundo. Fundada em 1948, a empresa opera sete divisões no Brasil, selecionando executivos de finanças, contabilidade, mercado financeiro, engenharia, tecnologia, jurídico, marketing e vendas. A Robert Half tem mais de 340 escritórios presentes nos EUA e Canadá, Europa, Ásia, América Latina e Oceania.

 

Compartilhar essa página