Brasil lidera busca por profissionais no primeiro semestre

1 de mai 2014

Além da alta demanda, pesquisa global da Robert Half aponta a dificuldade de contratação de executivos qualificados

São Paulo, abril de 2014 – O Brasil é o país que mais pretende aumentar suas equipes ainda no primeiro semestre de 2014 – e, ao mesmo tempo, é o mercado mais desafiador para encontrar profissionais qualificados. É o que aponta a última pesquisa global realizada pela Robert Half com mil diretores de Recursos Humanos de oito países, sendo 100 brasileiros.

Quando questionados sobre quais são os planos de contratação de profissionais permanentes para o primeiro semestre, 44% dos entrevistados brasileiros responderam que expandirão seu quadro de funcionários com a criação de novas vagas, ante 30% de média global. Metade das organizações do País manterá o número de colaboradores e apenas 5% congelará as contratações.

A alta demanda apontada pela pesquisa também impacta na busca por esses profissionais. De acordo com 92% dos diretores de RH brasileiros ouvidos pela Robert Half, é muito desafiador encontrar executivos qualificados para preencher as vagas.

Para Sócrates Melo, diretor de operações da Robert Half no Rio de Janeiro e Belo Horizonte, apesar de o Brasil atravessar um período ambíguo, influenciado pelo período pré-eleitoral, o cenário geral ainda é positivo. “Mesmo que haja incertezas em relação à aceleração econômica, o otimismo dos executivos brasileiros é resultado de uma perspectiva de expansão”, conclui.

Sobre a Robert Half

A Robert Half é a primeira e maior empresa de recrutamento especializado no mundo. Fundada em 1948, a empresa opera sete divisões no Brasil, selecionando executivos de finanças, contabilidade, mercado financeiro, engenharia, tecnologia, jurídico, RH, marketing e vendas. A Robert Half tem 340 escritórios presentes na América do Norte, Europa, Ásia, América do Sul e Oceania.

 

Compartilhar essa página