Você tem seis segundos para impressionar o headhunter

Parece pouco? E é, de fato. Mas é esse o tempo médio gasto por um recrutador para decidir se um currículo seguirá adiante no processo de seleção para uma vaga de emprego ou se será descartado. Quem chegou aos seis segundos foi uma consultoria americana, que decidiu monitorar os olhos dos headhunters por dez semanas enquanto eles liam alguns currículos. A tecnologia utilizada gravou e analisou os locais percorridos pelos olhos de 30 recrutadores e ainda mensurou quanto tempo eles destinaram a cada parte do documento.

Além de descobrir que seis segundos bastam para fazer uma primeira seleção entre os candidatos a uma vaga de emprego, o levantamento revelou que os headhunters acham facilmente as informações importantes que procuram nos modelos de currículos que seguem um formato padrão, e aí focam rapidamente nesses dados. Aqui, portanto, vale ressaltar a importância de elaborar um currículo simples, tradicional e objetivo. “Um layout organizado é crucial”, destaca o estudo. “Currículos com visual hierárquico claro e que apresentam informações relevantes onde os recrutadores esperam que elas estejam guiam rapidamente os headhunters a uma decisão de sim ou não”.

Nesses seis segundos de avaliação, em 80% do tempo os olhos dos recrutadores se concentraram em seis pontos do currículo: nome; atual cargo e empresa; cargo e empresa anterior; datas de entrada e saída de empregos anteriores; data de entrada no atual cargo; e formação. Isso significa que a decisão inicial que mantém o candidato no processo de seleção e o guia para a entrevista de emprego leva em conta esses seis itens basicamente. Então, foco nessas informações. Procure ser claro e direto, além de mostrar o máximo do seu potencial em poucas palavras.

Tags: Recrutamento

Compartilhar essa página