Trabalhar por projeto é opção de carreira em TI

Por Adriana Fonseca

Trabalhar por projetos na área de tecnologia é a opção de carreira de muitos profissionais. São dois meses em uma empresa, três em outra, um ano em mais uma e por aí vai.

Atenta à necessidade do mercado por esse tipo de profissional, a Robert Half inaugurou um novo serviço, voltado para o recrutamento de profissionais de TI para projetos temporários

“Trouxemos para o Brasil uma solução completa da Robert Half internacional”, conta Fabio Saad, gerente sênior da consultoria no país.

“Hoje, além de cuidar das carreiras dos profissionais executivos da área, como os diretores de tecnologia, conseguimos encontrar pessoas qualificadas também para os projetos que eles querem implementar.”

Segundo Saad, as maiores demandas do mercado para projetos temporários na área de TI são por analistas de negócios, gerentes de projetos, desenvolvedores e profissionais de infraestrutura.

Quem atua por projeto precisa saber lidar bem com pressão por resultado, trabalhar em equipe e relacionar-se com facilidade com a equipe interna da empresa.

Saad ressalta que há muitos profissionais bons em tecnologia disponíveis no mercado para atuar por projeto, mas nem sempre as empresas conseguem achá-los de forma rápida. “Temos a capacidade de entregar o profissional certo em 24 horas”, garante o consultor. “Conversamos com profissionais de TI o dia todo, então sabemos localizar rapidamente o que cada empresa precisa.”

Quer saber como andam os salários na área de tecnologia. No vídeo abaixo falamos das tendências do setor. Dá uma olhada!

Adriana Fonseca é jornalista, tem mais de dez anos de experiência na cobertura de carreiras e empreendedorismo e já publicou no jornal Valor Econômico, na Folha de S.Paulo e na revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios. Hoje, escreve e edita seus textos em seu aconchegante home office.

Compartilhar essa página