Você sabe qual é o impacto do storytelling na sua vida? Confira!

Por Robert Half on 17 de Janeiro de 2023

Quero escutar o Podcast

Você sabe qual é o impacto do storytelling na sua vida? Confira!

  1. O que é storytelling?
  2. Como isso tem efeito na vida corporativa?
  3. Dicas para contar uma boa história
Tempo estimado de leitura: 5 minutos

Você, certamente, lembra de alguém que naturalmente chama a atenção de todos ao contar uma história. E, também, deve conhecer quem tem dificuldades em sustentar o interesse da audiência ao pedir a palavra.

Embora existam fatores sociais, culturais e individuais dentro desses extremos, há um elemento em comum que pode equilibrar o impacto causado em quem ouve, lê e absorve suas histórias: o storytelling.

Envie sua vaga

E conversamos com Leonardo Calixto, que é fundador e professor de storytelling da Youexp, e com o diretor associado da Robert Half Lucas Nogueira para entender o tipo de transformação que a especialização em storytelling pode agregar à sua vida. 

Confira os principais pontos abordados nessa conversa especialmente planejada para um episódio do podcast da Robert Half!

Leia também: O que é networking?

O que é storytelling?

Storytelling é, sim, a arte de contar histórias, mas Leonardo Calixto afirma que “em uma definição sintética, trata-se da arte da narrativa para gerar empatia”. E acrescenta: “E sem empatia, não conseguimos fazer nada junto de outras pessoas”.

Dá para perceber logo de cara, portanto, que a técnica tem muito a ver com gerar empatia, familiarização e identificação — entre outros interesses e objetivos que você tenha ao transmitir uma mensagem, certo? Portanto, pode ser aplicada na vida pessoal e também em sua carreira.

Imagine, agora, o quanto você já se deixou empolgar por um discurso histórico, os valores institucionais de uma empresa, do causo que alguém contou e você se sentiu naquele lugar, naquele exato momento em que a história foi contada… Esse é o poder do sorytelling.

O poder do storytelling também pode ser percebido a partir do que, coletivamente, decidimos acreditar como sociedade. Calixto relembra o Natal, por exemplo, celebrado mundialmente.

No âmbito corporativo, contudo, dá para ir além, já que o storytelling pode ser usado de maneira individual (a princípio) e direcionada para objetivos mais específicos.

Como isso tem efeito na vida corporativa?

O poder do storytelling também pode ser percebido a partir do que, coletivamente, decidimos acreditar como sociedade. Calixto relembra o Natal, por exemplo, celebrado mundialmente.

No âmbito corporativo, contudo, dá para ir além, já que o storytelling pode ser usado de maneira individual (a princípio) e direcionada para objetivos mais específicos.

O poder do storytelling também pode ser percebido a partir do que, coletivamente, decidimos acreditar como sociedade. Calixto relembra o Natal, por exemplo, celebrado mundialmente.

No âmbito corporativo, contudo, dá para ir além, já que o storytelling pode ser usado de maneira individual (a princípio) e direcionada para objetivos mais específicos.

Guia Salarial da Robert Half

No Guia Salarial da Robert Half você encontra a mais completa pesquisa salarial e um estudo sobre tendências de contratação no mercado brasileiro.

Em entrevistas de emprego, por exemplo: Nogueira e Calixto valorizam a arte de contar história para demonstrar a sua jornada, as descobertas e também os fracassos (mas que, como em qualquer boa história, a intenção é mostrar o quanto isso se transformou em superação).

O mesmo vale para promover-se ou fazer uma transição de carreira. Erros, fracassos e “defeitos” são bem recebidos em qualquer narrativa, desde que você aprenda a moldá-los natural e verdadeiramente nas consequências positivas que você pode trazer a partir deles.

Confira também: Networking requer qualidade

Dicas para contar uma boa história

Leonardo Calixto e Lucas Nogueira ainda destacam alguns pontos elementares para exercitar o storytelling no seu dia a dia. Confira quais são:

  • seja você mesmo, conhecendo seu perfil de speaker e assuma-o para transmitir a sua mensagem com mais sinceridade, transparência e naturalidade;
  • adapte sua comunicação (sem perder a sua essência e identidade) de acordo com o público;
  • combine emoção (gere empatia) com a sua estratégia;
  • não minta ou floreie demais a verdade. Aprenda a expandir a comunicação para mostrar resultados.

Você pode aprender ainda mais sobre storytelling e a sua aplicação em sua vida particular e também em sua carreira profissional, sabia? Para isso, é só clicar aqui e ouvir na íntegra o este episódio do podcast da Robert Half!

Quer saber um pouco mais sobre o assunto? Clique aqui e ouça o episódio do podcast da Robert Half na íntegra!

 

 

Episódio #1: ESG: como ele impacta na hora de contratar? - com Carlo Pereira e Fernando Mantovani

Episódio #2: Match Perfeito na contratação - com Paul Ferreira, da FDC, e Mário Custódio

Episódio #3: Guia Salarial - com Leonardo Berto e Vitor Silva

Episódio #4: Saúde Mental - com Jackie de Botton, da TSOL, e Maria Sartori

Episódio #5: Transformação Digital nas empresas brasileiras - com Edvalter Becker Holz, do Insper, e Caio Arnaes

Episódio #6: Oficeless: desafio para o RH - com Matheus Fonseca, da Movile, e Lucas Nogueira

Episódio #7: Que venha 2022 - com Vittorio Danesi, da Simpress, e Fernando Mantovani

Episódio #8: Diversidade e Inclusão - Denise Brito, da Sodexo Débora Ribeiro

Episódio #9: Mentiras no Currículo - Amanda Adami e Thiago Zuppo (Robert Half)

Episódio #10: Dia Internacional da Mulher - Flavia Alencastro, Maria Sartori (Robert Half) e Tatiana Monteiro de Barros (UniaoBR) 

Episódio #11: Dia Internacional da Felicidade - Érika Moraes (Robert Half) e Renata Rivetti (Reconnect Happines at Work) 

Episódio #12: Tendências em Benefícios - Marcela Esteves (Robert Half) e Cesário Nakamura (Alelo) 

Episódio #13: Mitos e Verdades do Recrutamento - Alexandre Attauah e Carolina Cabral (Robert Half) 

Episódio #14: Universidades X Mercado de Trabalho - Leo Berto (Robert Half) e Professor Carlos Netto (Mackenzie) 

Episódio #15: Filhos no Curriculo - Michelle Terni (Filhos no Currículo) e Mariana Horno (Robert Half) 

Episódio #16: Síndrome do Impostor - Henrique Bueno (Wholebeing Institute Brasil) e Maria Sartori (Robert Half)

Episódio #17: Infoxicação - Luciano Pires (Café Brasil) e Vitor Silvério (Robert Half)

Episódio #18: Motivações para a liderança - Tatiana Iwai (Insper) e Mario Custódio (Robert Half)

Episódio #19: O futuro do trabalho - Daniel Luz (Miranos) e Lucas Nogueira (Robert Half)

Episódio #20: Neurodiversidade - Christine Schroeder (UFRGS) e Debora Ribeiro (Robert Half)

Episódio #21: Burnout - Rui Brandão (Zenklub) e Erika Moraes (Robert Half)

Episódio #22: New Hires - Eduardo Carmello (Entheusiasmos) e Glauco Benatti (Robert Half)

Episódio #23: O Papel do Headhunter - Mariana Santos, Caio Rodrigues e Müller Gomes (Robert Half)

Episódio #24: A importância de estudar novos idiomas para o mercado - Ho Mien Mien (Outliers Academy) e Caio Arnaes (Robert Half)

Episódio #25: Guia Salarial - Vitor Silva e Leonardo Berto (Robert Half)

Episódio #26: Você sabe o que é o etarismo e como combatê-lo nas empresas? - Cris Pàz (crizpaz.art) Ana Guimarães e Patrícia Alves (Robert Half)

Episódio #27: A acessibilidade no cotidiano das empresas - Bruno Mahfuz (Guiaderodas) e Debora Ribeiro (Robert Half)

Episódio #28: Saúde Mental - Guilherme Spadini dos Santos (psiquiatra e psicoterapeuta), Diana Gabaniy (The School of Life) e Maria Sartori (Robert Half)

Episódio #29: Porto Digital - Beto Macedo (C.E.S.A.R) e Reiva Melo (Robert Half)

Episódio #30: Nomadismo Digital - Matheus de Souza (Nômade Digital) e Alex Arima (Robert Half)

Episódio #31: Inovação com Cuidado - Matheus de Souza (Nômade Digital) e Alex Arima (Robert Half)

Episódio #32: Marca pessoal: você é o que você posta? - Demetrio Teodorov (Kyvo) e Luciano Vitor (Robert Half)

Mais em nosso Blog