Robert Half Talks (Ep #18) - Motivações para a Liderança

Por Robert Half on 21 de junho de 2022
Tempo estimado de leitura: 5 minutos

Ascensão de carreira de liderança passa por um profundo autoconhecimento

Quem tem medo de crescer? O que freia o ímpeto natural de querer se desenvolver? Por que isso acontece, se uma promoção no trabalho é associada geralmente a algo positivo e desejado, vindo acompanhada de maiores salários, prestígio, autonomia e chances de autorrealização? A Pesquisa sobre os Desafios do Pipeline de Liderança, lançada pelo Insper em parceria com a Robert Half, tenta desvendar esse fenômeno.

PARA ACESSAR O RELATORIO CLIQUE AQUI

Mais responsabilidades, demandas e complexidades

O relatório busca explorar as preocupações dos profissionais sobre sua promoção no trabalho, investigando suas percepções sobre os potenciais custos e desafios associados à ascensão ao próximo nível hierárquico. O contraponto, indica a pesquisa, é que ser promovido implica também maiores e mais complexas demandas de trabalho, algo que nem todo profissional está preparado para vivenciar.

O jornalista Cassio Politi conversou sobre isso no podcast Robert Half Talks com Tatiana Iwai, professora e pesquisadora de comportamento e liderança do Insper, e Mario Custódio, diretor da área de Recrutamento de Executivos da Robert Half.

Envie sua vaga

Questionando a própria competência para funções de liderança

As dúvidas sobre a própria competência para exercer uma nova função, mais complexa, e em relação ao controle da sua vida pessoal são os dois fatores iniciais que mais apareceram no relatório. O tema é recorrente. Tanto que uma pesquisa publicada pela Harvard Business Review, com 3.625 profissionais de diversas posições hierárquicas de empresas de tamanhos e indústrias diferentes, relevou que somente 34% da amostra reportou buscar posições de liderança e apenas 7% indicou buscar ascender a uma posição no C-level. 

“Esses medos realmente existem e acompanham o profissional ao longo de toda a sua trajetória. Quando essas preocupações aparecem, tendem a impedir uma ação mais proativa de buscar ascensão”, afirma Tatiana.

 

o que preocupa os profissionais

A importância de promover a capacitação e a formação de lideranças

O problema e a solução estão no indivíduo. Tatiana alerta as empresas no sentido de promover capacitação e formação de liderança e, acima de tudo, aponta, “é preciso conquistar a confiança das pessoas e, a partir disso, começar a tratar dessas questões”.

“Tudo acaba recaindo sobre uma questão de comunicação. Muitas vezes, a preocupação vem do desconhecimento”, completa Custódio. Para ele, é importante também perceber que o protagonismo não está só num cargo de mais alto escalão, como o padrão social estabelece. “A pessoa também pode exercer uma função de líder a partir de uma trajetória em Y, adotando um papel de líder como especialista”, diz.

O foco deve ser no desenvolvimento do profissional

Para Tatiana, no processo de formação, um ponto de atenção é superestimação da preocupação com a ascensão de carreira. Segundo a pesquisadora, a organização deve ajudar a aumentar o repertório do colaborador, para que ele entenda que pode dar conta de uma nova função. “O processo de desenvolvimento começa antes da promoção.”

“Liderança é soft skill, uma habilidade muito mais comportamental do que técnica”, afirma Custódio. Para ele, a pessoa que não levanta a mão para pleitear uma vaga, mas apresenta condições para isso, poderia ser testando em um projeto, colocada para liderar informalmente o trabalho.

É preciso admitir que o problema existe para mudar o cenário

Na solução desses medos, o autoconhecimento é extremamente relevante. “Sem se conhecer, talvez a pessoa não admite seu erro por achar que não está errada”, diz Custódio. “Feedbacks sinceros e honestos, em avaliações de desempenho, são quase que um presente [para o colaborador]. A pessoa tem de parar e entender isso”, afirma. “Às vezes, é um processo doloroso, nada trivial”, completa Tatiana.

Para ela, um tabu pode dificultar a compreensão, e a superação disso passaria por um processo de mentoria. “A gente normaliza a ideia de que as preocupações são legítimas. Em sessões de mentoria, a gente passa a elaborar melhor isso e a superar as barreiras”, admite.

Nesse sentido, ser autêntico, expor o “eu mesmo”, dizem os especialistas, é fundamental.

Se você quiser saber mais, ouça o episódio na íntegra.

Episódio #1: ESG: como ele impacta na hora de contratar? - com Carlo Pereira e Fernando Mantovani

Episódio #2: Match Perfeito na contratação - com Paul Ferreira, da FDC, e Mário Custódio

Episódio #3: Guia Salarial - com Leonardo Berto e Vitor Silva

Episódio #4: Saúde Mental - com Jackie de Botton, da TSOL, e Maria Sartori

Episódio #5: Transformação Digital nas empresas brasileiras - com Edvalter Becker Holz, do Insper, e Caio Arnaes

Episódio #6: Oficeless: desafio para o RH - com Matheus Fonseca, da Movile, e Lucas Nogueira

Episódio #7: Que venha 2022 - com Vittorio Danesi, da Simpress, e Fernando Mantovani

Episódio #8: Diversidade e Inclusão - Denise Brito, da Sodexo Débora Ribeiro

Episódio #9: Mentiras no Currículo - Amanda Adami e Thiago Zuppo (Robert Half)

Episódio #10: Dia Internacional da Mulher - Flavia Alencastro, Maria Sartori (Robert Half) e Tatiana Monteiro de Barros (UniaoBR) 

Episódio #11: Dia Internacional da Felicidade - Érika Moraes (Robert Half) e Renata Rivetti (Reconnect Happines at Work) 

Episódio #12: Tendências em Benefícios - Marcela Esteves (Robert Half) e Cesário Nakamura (Alelo) 

Episódio #13: Mitos e Verdades do Recrutamento - Alexandre Attauah e Carolina Cabral (Robert Half) 

Episódio #14: Universidades X Mercado de Trabalho - Leo Berto (Robert Half) e Professor Carlos Netto (Mackenzie) 

Episódio #15: Filhos no Curriculo - Michelle Terni (Filhos no Currículo) e Mariana Horno (Robert Half) 

Episódio #16: Síndrome do Impostor - Henrique Bueno (Wholebeing Institute Brasil) e Maria Sartori (Robert Half)

Episódio #17: Infoxicação - Luciano Pires (Café Brasil) e Vitor Silvério (Robert Half)

Robert Half Talks

Lançado em outubro de 2021, o Robert Half Talks está disponível nas principais plataformas de áudio e agregadores de podcasts. Em um bate-papo inteligente e descontraído entre headhunters da companhia e grandes nomes do mercado, o Robert Half Talks será uma atração quinzenal, com o objetivo de levar aos ouvintes discussões relevantes sobre o futuro do trabalho e dicas de como se adaptar a um mundo em constante transformação.

Mais informações sobre o Robert Half Talks você confere em: Podcast: Robert Half Talks | Robert Half

More From the Blog...