O papel dos CFOs nas companhias: o que o mercado procura?

Por Robert Half 7 de março de 2018

Por Leonardo Berto

Com a recuperação da economia brasileira, a expectativa é que as empresas voltem a investir em projetos estratégicos em busca de maximizar o seu crescimento e potencializar sua presença no mercado. As estratégias de ascensão neste contexto passarão por projetos de fusões e aquisições, investimentos em novas plantas e novos mercados, desenvolvimento de novos produtos ou unidades de negócios, abrindo, assim, uma nova onda de contratações com enfoque maior na capacidade de execução e liderança de agendas positivas.

Nos últimos quatro anos, o mercado vivenciou a experiência desafiadora de uma economia em desaceleração e a redução de pessoal nas empresas foi uma estratégia constante para diminuição dos custos e consequente adequação orçamentaria. Reestruturações foram executadas e muitas companhias optaram pelo corte de posições estratégicas na alta gestão, optando por quadros mais enxutos e focados nas entregas operacionais.

BAIXE O ICRH

Especificamente no universo de finanças, uma das posições que mais sofreram com essas reduções foi justamente a do Diretor Financeiro - CFO. Em muitos casos, o principal executivo de finanças acabou tendo suas atividades absorvidas pelo Controller, este, por sua vez, dotado de grande capacidade de controle operacional das atividades transacionais de finanças.

É o momento destes executivos se prepararem para retomar suas carreiras e buscarem novos desafios. O mercado vem se aquecendo e a demanda por lideranças estratégicas e especializadas volta a crescer. Algumas características são comuns aos candidatos a posição de CFO: habilidades consolidadas para gestão de pessoas (desenvolvimento e capacitação) e projetos, visão de negócios, sólida formação acadêmica (extensões, MBA Executivos e Mestrados profissionais) e inglês fluente.

O tema de gestão de pessoas ganha um espaço com maior visibilidade em um momento em que o mercado de trabalho passa por diversas transformações relacionadas ao conflito de gerações e o forte apelo de novas tecnologias. O líder maior das estruturas de finanças vai encontrar um mercado mais competitivo pela alta demanda por profissionais qualificados e especializados para áreas de contabilidade e fiscal, além de vivenciar dificuldades para contratação e retenção de mão de obra no coração do sistema financeiro da companhia.

A forma como este profissional vai lidar com a formação de sua nova equipe, agregando novos talentos a um time já bastante machucado pelos anos de grandes desafios e estrutura enxuta, e a sua maneira de motivar e capacitar os colaboradores de acordo com os objetivos da companhia serão habilidades bastantes exploradas ao longo dos processos de seleção.

Quando tratamos do tema “visão de negócios” ou atuação como “business partner”, o recrutador-empresa está dizendo que é esperado deste profissional uma participação maior em assuntos multidisciplinares, com maior entendimento, compreensão e participação em temas e projetos de outras áreas. As empresas vêm fechando as portas para o executivo estritamente financeiro, assim, entender do processo produtivo, das estratégias comerciais e de marketing, além de ter facilidade com temas de tecnologias, são características mandatórias.

O cenário virou e o mercado está de olho nos potenciais líderes de suas organizações. Atender às características principais de um alto executivo é fundamental para sua empregabilidade. É natural, claro, que cada profissional tenha um estilo próprio em função de seu histórico, mas, assim como as empresas devem estar sempre atentas às tendências de consumo e comportamento dos seus clientes, novas tecnologias e oportunidades de negócio no mercado, o bom executivo, para ser considerado um bom candidato, também deve estar conectado às mesmas premissas e avaliar constantemente se seu currículo e trajetória estão acompanhando os movimentos da economia.

* Leonardo Berto é gerente de negócios da Robert Half

More From the Blog...

O ano vai mudar, e você?

O ano de 2019 está aí. Você já fez sua lista de metas para este período que está por vir? Aqui vão 7 sugestões para que em 2019 você assuma as rédeas da...

Saiba mais