A modernidade do local de trabalho - preparando-se para o futuro

Por Robert Half 16 de fevereiro de 2018

Por Fernando Mantovani

Não há como negar que o local de trabalho tradicional está mudando.

Cada vez mais vemos as organizações abraçarem novas formas de trabalhar para criar um ambiente mais inclusivo, que se adapte às necessidades de cada membro da equipe.

Essas mudanças são apenas parte de uma nova era no local de trabalho. Chegamos a um ponto em que a combinação de gerações em um mesmo espaço mescla expectativas e objetivos diferentes, que incentivam as empresas a estarem preparadas para atrair – e reter – uma gama cada vez mais diversificada de funcionários.

A tecnologia

Novas ferramentas de tecnologia e colaboração tiveram um enorme impacto na forma como as pessoas esperam trabalhar. A velocidade da tecnologia e da informação, por exemplo, oferece às empresas mais flexibilidade na maneira de gerenciar projetos e flutuações da carga de trabalho. Grande parte desta chamada "gig economy" centra-se em profissionais sêniores altamente qualificados que oferecem às empresas a oportunidade de aproveitar de suas habilidades especializadas para complementar suas equipes principais. O desafio será entender como equilibrar as vantagens de uma força de trabalho mais flexível com a necessidade de criar um local de trabalho que seja colaborativo, motivado e, finalmente, feliz.

Uma maneira mais flexível de trabalhar

Pesquisa global revela que essa nova fase deve mudar a configuração da força de trabalho, com empresas adotando práticas de job rotation, contratação de profissionais por projetos e o compartilhamento de trabalho de profissionais permanentes com temporários, beneficiando a troca de conhecimento.

Esta nova abordagem ajudará a combinar as ideias e os conjuntos de habilidades de pessoas com diferentes experiências, níveis e origens para aproveitar ao máximo o talento disponível. À medida que as organizações evoluem e crescem, é provável que haja um aumento na inclusão de profissionais interinos, que podem suportar o negócio quando as cargas de trabalho são maiores ou quando são necessárias habilidades específicas para atuar em tempos de mudança.

Gerenciando mudanças

O local de trabalho moderno exigirá que as organizações adotem e repensem a forma como gerenciam essa nova força de trabalho. Para as empresas apoiarem seus funcionários em sua progressão na carreira, é necessário criar um ambiente flexível que defenda o trabalho cruzado em níveis e departamentos. Também envolve encontrar novas maneiras de fornecer liderança e responsabilidade em diferentes níveis da organização para criar uma cultura aberta e consistente que reconheça a diversidade dos papéis.

Se isso puder ser alcançado, as empresas poderão ajudar um número cada vez maior de pessoas a trabalhar de maneira que melhor se adapte a elas. Isso permitirá que a força de trabalho moderna combine os aspectos positivos do trabalho flexível, como liberdade, troca de conhecimento e variedade, com a segurança de desenvolvimento de carreira, acesso a benefícios e oportunidades interessantes.

* Fernando Mantovani é diretor geral da Robert Half

More From the Blog...