Bill Gates revela seu novo livro favorito (e porque todo mundo deveria ler)

Por Robert Half 29 de março 2018

Por Adriana Fonseca

Em um artigo recente, Bill Gates, fundador da Microsoft e hoje à frente da Fundação Bill e Melinda Gates, revelou qual é seu mais novo livro favorito. No texto, ainda explicou porque todos deveriam ler a obra.

Por anos ele disse que seu livro favorito eraOs Anjos Bons da Nossa Natureza, de Steven Pinker. Segundo ele, Pinker fez uma pesquisa meticulosa para argumentar porque nós estamos vivendo na época mais pacificadora da história da humanidade. “Nunca vi uma explicação tão clara de progresso”, disse Gates.

Agora, o fundador da Microsoft decidiu parar de recomendar tanto  “Os Anjos Bons da Nossa Natureza”. Por quê? Porque o novo livro de Pinker é ainda melhor, diz Gates.

“Enlightenment Now”, o novo livro de Steven Pinker – lançado em fevereiro e ainda sem tradução para o português - , aproveita a abordagem que o autor utiliza em “Os Anjos Bons da Nossa Natureza” para rastrear a violência ao longo da história e a aplica a 15 medidas diferentes de progresso, como qualidade de vida, conhecimento e segurança. “O resultado é uma imagem holística de como e porque o mundo está ficando melhor”, escreveu Gates.

O fundador da Microsoft escolheu cinco fatos do livro que mostram como o mundo está melhorando.

1. Você tem 37 vezes menos chance de ser morto por um raio hoje do que na virada do século -  e isso não é porque há menos tempestades. É porque nós temos melhor capacidade de prever o tempo, mais educação sobre segurança e há mais pessoas vivendo nas cidades.

2. O tempo gasto lavando roupas caiu de 11,5 horas por semana em 1920 para uma hora e meia em 2014. Isso pode soar banal no grande panorama do progresso, mas a ascensão das máquinas de lavar melhorou a qualidade de vida, dando mais tempo livre às pessoas – principalmente mulheres – para que aproveitem suas horas de outras formas. Esse tempo representa quase metade de um dia a cada semana, que pode ser usado para qualquer coisa, seja assistir TV, ler um livro ou começar um negócio.

3. Estamos menos propensos a morrer trabalhando. A cada ano, 5 mil pessoas morrem em decorrência de acidentes de trabalho nos Estados Unidos. Mas, em 1929, quando a população do país era dois quintos da atual, 20 mil pessoas morriam pela mesma razão.

4. A nota de QI média global está aumentando cerca de 3 pontos QI a cada década. Os cérebros das crianças estão mais desenvolvidos graças a uma melhor nutrição e um ambiente mais limpo. Pinker também credita o fato a um pensamento mais analítico dentro e fora da sala de aula. Pense sobre quantos símbolos você interpreta toda vez que verifica seu telefone ou olha uma mapa de metrô. Nosso mundo hoje encoraja o pensamento abstrato já nas crianças e isso está fazendo pessoas mais inteligentes.

5. A guerra é ilegal. Essa ideia parece óbvia, mas antes da criação da Organização das Nações Unidas, em 1945, nenhuma instituição tinha o poder de impedir um país de entrar em guerra com outro. Ainda que haja algumas exceções, a ameaça de sanções internacionais e intervenções tem se provado eficiente em deter guerras entre os povos.

É possível ler um capítulo do livro “Enlightenment Now”, em inglês, de graça, fazendo cadastro no site de Gates.

* Adriana Fonseca é jornalista, tem 15 anos de experiência na cobertura de carreiras, empreendedorismo e startups. Já publicou nos jornais Valor Econômico e Folha de S.Paulo e na revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

More From the Blog...