Salários de finanças podem subir até 14% em 2015

O ano de 2014 foi positivo para o mercado de contratações nas áreas de finanças e contabilidade. Ganharam ainda mais espaço e passaram a ser mais valorizados aqueles profissionais que atuam com controladoria, custos e planejamento, o que deve acontecer também em 2015. Por isso, ganha destaque o business partner de finanças, aquele profissional que trabalha integrado a outras áreas da empresa ou unidades de negócio. Marcela Esteves, gerente na Robert Half, explica que esses executivos são responsáveis por toda a parte estratégica de finanças da área ou unidade de negócio na qual trabalham.

Veja também: Modelo de currículo

Ela ressalta que o business partner de finanças tem um perfil diferenciado. “É preciso ser comunicativo, articulado e persuasivo, para convencer a área onde está inserido a adotar suas estratégias.” Como existem vagas em diferentes níveis hierárquicos, desde analista até gerente sênior, os salários mensais podem variar de R$ 5 mil a R$ 30 mil, dependendo também do tamanho da unidade de negócio na qual o profissional está alocado. Além do business partner, outros profissionais nas áreas de finanças e contabilidade também ganham destaque em relação a salário.

Segundo a Pesquisa Salarial, produzido pela Robert Half, a média salarial dos diretores financeiros deve ficar 9% maior em 2015, na comparação com 2014, e a dos analistas contábeis e fiscais, 13%. Gerentes de planejamento financeiro e controladoria, onde alguns business partner se encaixam, podem ver os ganhos subirem 10,5% no ano que vem. As médias salariais de gerentes e analistas júnior de tesouraria também devem aumentar: 14% e 13%, respectivamente.

Tags: Salário

Compartilhar essa página