Qual salário devo ter no meu novo emprego? Como definir a pretensão salarial

Por Robert Half on 15 de dezembro de 2021
Tempo estimado de leitura: 5 minutos

Qual salário devo ter no meu novo emprego? Saiba como definir a pretensão salarial

    Você já preencheu uma vaga que solicita a sua expectativa de salário? Esse é um dos campos mais difíceis de preencher, já que é preciso considerar uma série de fatores. Quando você quer muito o cargo, a tendência é estipular um valor abaixo da média. Contudo, saiba que essa não é uma prática recomendada, mas fica a dúvida: como definir a pretensão salarial?

    Caso você queira definir a sua pretensão salarial, é essencial fazer uma pesquisa. E a dica vale tanto para quem está empregado como para quem busca uma recolocação. O Guia Salarial Robert Half, por exemplo, que mostra salários de diferentes áreas e para diferentes cargos, pode ser uma fonte de informação.

    Neste conteúdo, você acompanhará dicas fundamentais sobre como definir a pretensão salarial. Acompanhe a seguir!

    O que é pretensão salarial?

    Esse é o valor que o candidato à vaga define para executar determinada função para uma empresa ou ocupar um cargo. De modo geral, essa informação é dada durante o processo de recrutamento e seleção na organização em questão ou nas fases finais da contratação.

    É comum observar em algumas descrições de vaga a frase "a combinar" na seção de salário. Por isso, muitos candidatos ficam em dúvida sobre como estipular um valor, sem optar por preços muito absurdos e nem desvalorizar o próprio trabalho. Principalmente porque essa etapa costuma ser uma das mais importantes para o RH escolher o profissional — ou seja, pode ser eliminatória.

    Como definir a pretensão salarial?

    É importante frisar que a pretensão salarial só deve ser informada para a empresa quando ela solicitar tal informação. Isto é, não coloque no currículo ao se candidatar ao cargo. Esse é um aspecto que pode ser acordado com a empresa e devem ser consideradas diversas outras questões para decidir o valor exato.

    Abaixo, veja o que considerar na hora de definir a pretensão salarial.

    Veja como está o mercado de trabalho para o seu setor

    Para ser correto na sua pretensão, baseie-se em números. Quais os pacotes de remuneração mais competitivos do seu setor? Faça uma breve pesquisa e entenda o piso e a média salarial do cargo em questão e defina o preço que combina mais com a sua realidade.

    Essa etapa é a principal para saber quanto o mercado paga para profissionais da sua área e com sua experiência. Caso a mudança seja de organização, considere cultura, valores, relacionamento do time e forma como a empresa desenvolve o negócio.

    Leia também: Profissões do futuro: fique de olho nestes cargos

    Avalie sua situação atual

    Com os dados em mãos, avalie a sua situação atual. Se estiver buscando por uma oportunidade para voltar ao mercado de trabalho, uma dica é se basear na sua última remuneração. Não aumente muito, mas também não se desvalorize. A pretensão salarial abaixo do seu último emprego pode deixar claro o seu desespero e confundir o recrutador na hora da decisão. Uma vez que ele pensa que, ao receber uma proposta de salário melhor, você pode deixar a empresa — causando o famoso turnover.

    Avalie o seu custo de vida atual

    Ao apostar em um novo cargo, muitas vezes, o profissional precisa considerar o custo de vida para saber se a pretensão salarial corresponde à própria realidade. Por isso, coloque no papel todos os seus gastos: moradia, alimentação, transporte, luz, água, telefone, cartão de crédito e demais despesas. Assim, você conseguirá prever se o valor proposto será suficiente para manter a sua qualidade de vida. 

    Considere os benefícios não financeiros

    Lembre-se sempre de que, quando você trabalha para uma empresa, você não está apenas recebendo um salário. Você também adquire um pacote de benefícios, que variam entre empresas. Nesse caso, o que a companhia oferece ao profissional é muito importante para definir a pretensão salarial.

    Além dos benefícios financeiros, como vale-refeição, vale-alimentação, vale-transporte, PLR (participação nos lucros e resultados), assistência médica e odontológica, avalie os benefícios não-financeiros, como a possibilidade de trabalho remoto, treinamentos, desenvolvimento profissional, oportunidades de crescimento, flexibilidade de horários etc.

    Você pode gostar de: Flexibilidade no trabalho: por que não?

    Esteja aberto à negociação salarial

    Há um tempo, o salário deixou de ser o principal fator a ser analisado na hora de uma movimentação profissional. Portanto, considere todas as possibilidades que a vaga oferece e se coloque sempre à disposição para a negociação salarial. É nessa etapa que você coloca na balança todos os benefícios oferecidos em relação ao valor do salário bruto.

    Considere a experiência na função

    Formação acadêmica, conhecimentos técnicos, soft skills e experiência prática profissional são fatores que devem ser considerados ao definir a pretensão salarial. Sendo assim, o valor em questão deve corresponder à sua trajetória no mercado de trabalho. Se o seu objetivo é uma mudança de carreira, talvez seja preciso rever o valor do salário, já que as suas experiências anteriores podem não ser relevantes.

    Considere as oportunidades de crescimento

    A oportunidade de crescimento dentro de uma empresa deve ser relevante na hora de definir a pretensão salarial, já que aceitar salários mais baixos, a princípio, pode ser vantajoso no futuro. Desse modo, vale avaliar as possibilidades que a empresa oferece, os benefícios e o plano de carreira.

    Portanto, agora que você já sabe como definir a pretensão salarial, comece a sua pesquisa agora mesmo. Essa analise minuciosa ajudará você a estipular um valor compatível com o mercado e que se encaixa em sua realidade e expectativas. Estabelecer uma pretensão salarial não é uma missão impossível: basta se dedicar a estudos e pesquisas. Elas ajudarão você a estipular um valor compatível com o mercado e, ao mesmo tempo, adequado a suas necessidades e expectativas.

    Assista à explicação de Fernando Mantovani, diretor-geral da Robert Half para a América do Sul, sobre o tema. Veja o vídeo abaixo:

    Saiba como os recrutadores da Robert Half podem ajudar você a construir uma equipe talentosa de colaboradores ou avançar na sua carreira. Operando em mais de 300 locais no mundo inteiro incluindo nossas agências de empregos de São Paulo. A Robert Half pode te fornecer assistência onde e quando você precisar. 

    Guia Salarial 2022_acesse agora

     

    More From the Blog...