Quem vai ganhar os melhores salários em 2015

Cada vez mais, ganha importância o perfil comportamental do executivo no processo de seleção em relação às competências técnicas. Segundo o Salary Guide 2015, guia com remunerações e tendências de contratação em oito diferentes setores, fica evidente a preocupação das empresas com habilidades de comunicação, gestão, resiliência e comprometimento dos candidatos.

Hoje, o profissional ideal é aquele que abraça os projetos como se fossem sua própria empresa, tendo a motivação de um empreendedor.

Executivos com esse perfil são mais valorizados pelo mercado e tendem a ganhar salários maiores.

Mas, de forma geral,  2015 não será um ano com grandes aumentos salariais. Hoje, dificilmente se paga mais de 20% de aumento a um profissional que está mudando de emprego. Algumas áreas até devem ter remunerações competitivas, mas a maioria das empresas oferecerá pacotes salariais semelhantes aos praticados em 2014.

Em Finanças e Recursos Humanos, por exemplo, conseguem melhores salários aqueles profissionais que atuam integrados a outras áreas do negócio, os chamados business partners. Gerentes de planejamento financeiro e controladoria podem ver um dos maiores aumentos salariais da área de finanças em 2015: 10,5%. Já na área de RH, os business partners podem ver aumentos de 14,5% para coordenadores e especialistas, de 12% para gerentes e de 9,5% para analistas.

As pequenas e médias empresas, bem como as startups, estão movimentando o mercado ao oferecer bons pacotes de remuneração e benefícios para atrair talentos. Na área de tecnologia, por exemplo, diretores de TI de grandes empresas não devem enxergar aumentos salariais em 2015. Já o salário de um CIO de pequena e média empresa, que podia chegar a R$ 35 mil em 2014, poderá alcançar R$ 40 mil no ano que vem.

Também fica evidente no mercado que a falta de fluência em inglês é um aspecto que segue preocupando os recrutadores. Enquanto 80% das empresas consideram o domínio do idioma fundamental para seus negócios, apenas 20% dos profissionais brasileiros têm conhecimento avançado do idioma.

Diante dessa realidade, candidatos com bom nível de inglês acabam conquistando cargos mais altos e bem remunerados. Com essas informações em mãos, que tal se preparar e buscar um salário maior?

Compartilhar essa página