Processo seletivo em engenharia: perfil pessoal ganha peso

Por Juliana Porto

Notadamente uma área técnica, a engenharia vem passando por mudanças. Cada vez mais, o perfil pessoal dos candidatos vem ganhando peso nos processos seletivos. A tendência é que empresas e recrutadores valorizem mais os profissionais com capacidade de adaptação às mudanças e de trazer os resultados necessários. Você tem dúvidas sobre o processo seletivo e tendências para a área em 2017? Respondemos a algumas questões.

Como é processo seletivo no setor de engenharia?

Geralmente o processo seletivo tem três etapas: a primeira é com RH da companhia e a segunda é com o gestor direto da vaga. Na terceira fase, é feita uma entrevista com um diretor ou a pessoa número 1 da área. “O candidato também tem que estar preparado para participar de processos em que recursos humanos e gestor entrevistam juntos”, diz a gerente de recrutamento da divisão de engenharia da Robert Half, Carolina Cabral.

É comum que durante essas etapas sejam aplicados testes de perfil comportamental. Na engenharia - tradicionalmente uma área técnica - o perfil pessoal tem ganhado mais peso nos processos seletivos nos últimos anos. O conhecimento técnico e certificações ainda são solicitados para certas posições, porém há uma tendência de maior valorização para os profissionais com capacidade de adaptação às mudanças e de trazer os resultados necessários.

O recrutamento está mais lento, em razão da insegurança das empresas em realizar uma contratação equivocada. De acordo com o Guia Salarial 2017 da Robert Half, o momento econômico sugere que há mais profissionais qualificados disponíveis. Porém os mais talentosos e com o perfil mais demandado conseguem se recolocar rapidamente.

Sou engenheiro e busco uma vaga. Como fazer para o meu currículo ser notado?

Mais do que deixar claro o cargo em cada uma das empresas que trabalhou e explicar o escopo do seu trabalho, é muito importante utilizar palavras-chave do segmento em que você atua. Termos técnicos podem ser usados tranquilamente e facilitam a triagem.  Um olhar honesto sobre o seu nível de inglês é essencial e essa informação deve constar o currículo! “A capacidade de síntese tanto no currículo quanto na hora do profissional se vender numa entrevista também é fundamental”, completa Carolina.

Que diferenciais são necessários para que o profissional seja o escolhido para o cargo?

Os recrutadores buscam profissionais que sejam capazes de promover ainda mais integração com o negócio, tornando a área parceira e provedora de soluções eficazes. Em tempos de crise, também ganham destaque os profissionais de melhoria contínua, que visam otimizar processos e aumentar retornos.

É preciso ainda mais especialização e foco para atingir os resultados. Mais que nunca, os profissionais deverão ter um perfil caçador - também conhecido como hunter - para conquistar novos mercados e aumentar a participação de mercado das empresas em que atuam. Quesitos como uma boa carteira de clientes e entendimento técnico e disponibilidade para viagens são diferenciais para a vaga. Ter foco na rentabilidade também é fundamental.

Quais são as perspectivas de contratação e salários na engenharia este ano?

“Em relação aos segmentos em alta destacam-se a agronegócios e bens de consumo”, avalia Carolina. Segundo ela, permanecerá alta a demanda para as posições de supply chain - área que engloba compras, planejamento e logística - em 2017. Um grande desafio é encontrar profissionais qualificados, já que ainda não existe formação específica para atuar na área. Entretanto, algumas escolas já criaram cursos de especialização, extensão e MBAs mais focados, o que poderá suprir a demanda no médio prazo. Também continuará em alta a área de vendas técnicas. Os salários de cargos industriais se mantêm em relação a 2016.

Juliana Porto é jornalista desde 2005 e começou sua carreira escrevendo justamente sobre... carreiras! De lá para cá, já cobriu finanças pessoais, consumo e tecnologia em redações no Rio e São Paulo, mas sempre acaba voltando ao tema com que começou sua vida profissional.

Compartilhar essa página