Mulheres executivas: conheça a história de Claudia Sender, a executiva que voa alto

Mulheres executivas: conheça a história de Claudia Sender, a executiva que voa alto

Por Juliana Porto

Claudia Sender foi a primeira mulher que alçou ao posto de principal executiva de uma companhia aérea brasileira, quatro anos atrás, antes mesmo de completar 40 anos. A presidente da TAM faz parte de um rol ainda pequeno no Brasil e também no mundo: a de representantes femininas em altos cargos executivos.

Claudia foi apontada, pela revista Forbes, como uma das dez mulheres mais poderosas do Brasil e um dos 40 jovens executivos mais promissores do mundo. Inspire-se na vida profissional de Claudia para desenvolver a sua carreira.

Características de uma grande executiva

Obstinação

Quando decidiu fazer um MBA fora do Brasil, Claudia buscou profissionais que ajudaram na aplicação, mesmo sabendo que o prazo era curto. A executiva ouviu deles que não havia ninguém que tivesse entrado na Harvard Business School com apenas dois meses de preparo. “Nada é impossível. Quando a gente se dedica e tem o preparo as coisas acontecem”, afirma.

Pés no chão

Claudia sabe que, mesmo no topo de uma grande empresa, é necessário ouvir para aprender e desenvolver novos olhares. “O dia em que a gente achar que vale mais do que os outros, a gente começa a achar que a nossa opinião vale mais do que outra pessoa”, costuma dizer. Segundo ela, se isso acontece, o profissional fica obsoleto e para de pensar.

Trabalho em equipe

“A diversidade é muito bacana. A gente está falando do mesmo tema sob pontos de vista diferentes”, diz. Trabalhar com alguém que te contesta requer um esforço consciente de você acreditar que tem um valor, ensina a executivo. O ambiente corporativo tem que forçar a diversidade - não apenas de gênero -, defende.

Veja também como identificar os valores da empresa no candidato

 

Juliana Porto é jornalista desde 2005 e começou sua carreira escrevendo justamente sobre... carreiras! De lá para cá, já cobriu finanças pessoais, consumo e tecnologia em redações no Rio e São Paulo, mas sempre acaba voltando ao tema com que começou sua vida profissional.

 

Compartilhar essa página