Carta de referência para emprego, o modelo ideal segundo a Forbes

Modelo de carta de recomendação profissional

*Por Adriana Fonseca

A carta de referência para emprego, ou carta de recomendação profissional, nem sempre é solicitada no Brasil. É mais comum um emprego no exterior fazer essa exigência, assim como uma universidade de fora. Mas há casos em que ela é solicitada aqui mesmo.

Caso a situação apareça e você tenha que escrever uma – ou mesmo pedir uma a alguém -, é importante escolher bem o modelo de carta de recomendação profissional. O modelo abaixo foi publicado recentemente pela “Forbes”. 

O modelo de carta de recomendação profissional ideal

Caro [fulano de tal],

É com prazer que recomendo [nome] para [cargo] na [nome da empresa].

[Nome] e eu [incluir o tipo de relacionamento] na [empresa] por [período de tempo].

Eu gostei do tempo que trabalhei com [nome] e descobri que [ele/ela] é uma pessoa muito valiosa para qualquer equipe. [Ela/Ele] é honesta, segura e incrivelmente dedicada. Além disso, [ele/ela] é um impressionante [incluir uma “soft skill”, como líder ou proativa], que sempre [incluir um resultado dessa “soft skill”].

Seu conhecimento de [assunto específico] e experiência em [assunto específico] foi uma grande vantagem para todo o escritório. [Ele/Ela] colocou esse conjunto de habilidades em prol do [objetivo específico].

Com seu talento inegável, sempre foi muito prazeroso trabalhar com [nome]. [Ele/Ela] sabe verdadeiramente trabalhar em equipe e sempre fomenta discussões positivas e traz o melhor de cada um de seus funcionários.

Sem dúvida alguma, eu recomendo [nome] para a sua equipe na [empresa]. Funcionário[a] dedicado[a] e conhecedor[a] da função, [nome] é também uma grande pessoa. Eu sei que [ele/ela] será uma contratação positiva para a sua empresa.

Por favor, sinta-se à vontade para entrar em contato comigo através do e-mail [endereço] ou telefone [incluir número] se quiser conversar sobre as competências profissionais de [nome]. Ficarei feliz em ampliar minha recomendação.

Atenciosamente,

[seu nome]

Esse tipo de iniciativa, além da escolha do modelo de currículo ideal é um diferencial na participação de um processo seletivo.

Adriana Fonseca é jornalista, tem 14 anos de experiência na cobertura de carreiras e empreendedorismo e já publicou no jornal Valor Econômico, na Folha de S.Paulo e na revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios. Hoje, escreve e edita em seu home office.

Tags: Carreira, Emprego

Compartilhar essa página