Mestrado, especialização ou MBA?

Mestrado, especialização ou MBA?

Por Juliana Porto

Troca de experiências com colegas e professores, maior competitividade no mercado de trabalho, ampliação do networking, e, quem sabe, até a chance de um emprego novo ou uma promoção. As vantagens que uma pós-graduação pode trazer são enormes e compensam o tempo dedicado e o dinheiro investido. Mas escolher o curso mais adequado pode ser uma tarefa árdua diante de tantas opções no mercado. Veja as principais diferenças entre especialização, MBA e mestrado, e, quem sabe, você se anima a começar em um deles em 2017?

Por que fazer um mestrado?

A conclusão do mestrado é essencial para quem quer seguir a carreira de docente. Esta também pode ser uma alternativa para ajudá-lo a trocar de área de atuação.

Como você se destaca: Apenas uma pequena parte de candidatos a uma vaga de emprego possuem um diploma de mestrado. Com o seu em mãos, você mostra que é especialista no assunto da empresa.

Ponto crítico: Grande parte das aulas são durante o dia e para quem está empregado pode ser mais complicado conciliá-las com o trabalho. Dependendo da empresa, é possível negociar os horários com seus coordenadores.

Por que fazer uma especialização?

Uma pós-graduação lato sensu é um aprofundamento numa área específica. Em geral, é indicado quem procura um diferencial e deseja focar sua atuação no mercado.

Como você se destaca: A modalidade oferece em pouco tempo um apanhado geral de uma área do conhecimento, capacitando o profissional a dominar determinado assunto de forma segura.

Ponto crítico: Há muitas opções no mercado e por isso o curso que você escolher deve estar atrelado aos objetivos profissionais e ser aplicável em sua carreira.

Por que fazer um MBA?

O MBA, em geral, é voltado para quem quer se preparar para ser líder ou gestor. O curso tem um foco em gestão e negócios. Ele não deve ser feito por puro modismo. Se você não se encaixa no seu perfil, é melhor procurar outro tipo de especialização.

Como você se destaca: Um profissional com MBA é visto como alguém aberto a mudanças e que se adapta bem a novos projetos. O entendimento é que ele tem mais segurança nas decisões, já que são baseadas na sua formação mais completa.

Ponto crítico: A proliferação de MBAs no Brasil trouxe uma banalização da modalidade. Há inclusive instituições que oferecem especializações latu sensu com título de MBA. Os melhores cursos exigem uma comprovação do aluno de uma experiência mínima em gestão.

Além dessas opções, você também pode manter-se sempre atualizar por meio de cursos on-line. Diversas plataformas oferecem cursos de conceituadas universidades e isso também conta pontos positivos no seu currículo.

Juliana Porto é jornalista desde 2005 e começou sua carreira escrevendo justamente sobre... carreiras! De lá para cá, já cobriu finanças pessoais, consumo e tecnologia em redações no Rio e São Paulo, mas sempre acaba voltando ao tema com que começou sua vida profissional.

Share This Page