Você já agradeceu seu colaborador hoje?

Por Robert Half on 6 de março de 2020

Por Fernando Mantovani

Encontrar profissionais qualificados é um desafio para 80% dos gestores brasileiros, de acordo com dados do Índice de Confiança Robert Half. Atrair e reter os melhores talentos é tão estratégico e essencial para os negócios que, nos Estados Unidos e no Canadá, por exemplo, na primeira sexta-feira do mês de março comemora-se o Employee Appreciation Day ou Dia de Valorização do Colaborador, na tradução livre para o português. A data foi criada em 1995 por Bob Nelson, membro fundador do Conselho Internacional de Reconhecimento Profissional, e é quando as organizações se mobilizam para reconhecer as conquistas e contribuições de seus profissionais.

Globalmente, a Robert Half valoriza bastante essa data e, constantemente, o esforço do time. Pelos benefícios que temos com essa boa prática, sugiro que você tente incluir o Employee Appreciation Day no calendário da sua organização também. Faço a proposta porque acredito muito que os colaboradores são o principal ativo de uma organização e a valorização melhora a vida deles, os negócios e a atração e retenção de profissionais.

Para auxiliar, listo a seguir cinco ações prioritárias de líderes de negócio para o ano de 2020, com o objetivo de melhorar a cultura corporativa do ambiente de trabalho. Os dados foram extraídos de uma pesquisa da Robert Half realizada com mais de 2000 executivos de diversos países.

1. Incentivo à comunicação

Ser um bom ouvinte é uma das principais características de um líder de destaque. Isso inclui esforço sincero para entender o ponto de vista do colaborador e, assim, conseguir encontrar a solução mais adequada para a questão apresentada. Além disso, com esse exemplo, a tendência é que o time comece a se inspirar nessa boa prática, sentindo-se confortável para iniciar conversas sobre pontos de melhoria, decisões de carreira, ideias inovadoras ou outro tema qualquer.

2. Oferta de programas de orientação, treinamento e desenvolvimento

Durante a escolha de uma vaga, além do salário, 40% dos profissionais valoriza a possibilidade de crescimento na organização. Então, considere incluir no pacote de benefícios da empresa ações que auxiliem o colaborador a se desenvolver como pessoa e profissional.

3. Implantação de novas tecnologias

Além de gerar vantagem competitiva para os negócios, a tecnologia otimiza processos, refletindo positivamente na agilidade e eficiência dos profissionais. Entre as principais soluções estão, por exemplo, os canais de comunicação digital e os softwares para gestão de CRM, ERP, tempo e projetos. Nesse processo, os colaboradores mais resistentes à transformação digital merecem atenção para que vejam o momento como uma oportunidade de utilizar o tempo em ações mais estratégicas e não como uma ameaça.

4. Ampliação de opções de trabalho flexível e ou remoto

Aqui no Brasil, devido aos desafios na mobilidade urbana e a crescente valorização das pessoas pela qualidade de vida, tem aumentado o desejo dos profissionais por encontrar oportunidades de trabalho que ofereçam home office ou flexibilidade de horário.

5. Definição de metas e recompensas claras para os funcionários

Aqui na Robert Half temos um ritmo intenso de trabalho e metas internas bastante arrojadas. Porém, sempre encontramos tempo para comemorar e recompensar boas atitudes e bons resultados dos nossos colaboradores. Entendo que cada empresa tenha uma realidade, seja financeira, operacional ou de tempo. Mas, acredito que seus colaboradores irão gerar melhores resultados para os negócios se eles souberem onde estão, o que você espera deles, qual é o prazo para atingir as metas, de quais apoios eles irão dispor e quais serão as recompensas quando os objetivos forem alcançados.

Paralelamente a tudo isso, sempre que julgar que um profissional teve uma boa atitude ou foi o responsável por um resultado importante, independentemente do porte da ação, parabenize-o de imediato. Não diga apenas que ele fez um bom trabalho, mas em qual momento mais se destacou.

Agora que você já sabe que o Employee Appreciation Day existe, converse com a equipe de RH da companhia. Quem sabe no próximo ano, além de expressar seu agradecimento com palavras, vocês conseguem fazer com que o dia seja ainda mais especial. Afinal, repor um colaborador-chave que se desligou por descontentamento é muito mais caro do que retê-lo com boas práticas.

Mostre ao funcionário que ele é valorizado no dia a dia.

* Fernando Mantovani é diretor geral da Robert Half

More From the Blog...