As dores de um processo de recrutamento longo

Por Robert Half 24 de maio de 2018

Decidir se e quando fazer uma oferta de emprego pode ser um exercício exaustivo na hora da contratação. Se você já teve a experiência de contratar o candidato errado, provavelmente preferirá investir mais tempo no próximo recrutamento para ter certeza da decisão. Porém, essa pode ser uma opção errada, já que você correrá o risco de perder o candidato ideal para outra empresa.

Candidatos talentosos estão em escassez. E eles têm a vantagem e não gostam de esperar.

O que os candidatos dizem sobre um processo de recrutamento longo

Em uma recente pesquisa da Robert Half, 58% dos brasileiros entrevistados disseram que a parte mais frustrante em procurar emprego é aguardar a resposta sobre o andamento do processo.

Sendo assim, qual seria o tempo ideal para um processo de recrutamento? Segundo a pesquisa, mais de 60% dos candidatos perdem o interesse na empresa se o processo for muito demorado. Para a maior parte deles (65%), um prazo razoável entre o primeiro contato e a oferta seria entre uma e duas semanas.

Além de apenas perder o interesse, quase 85% dos entrevistados disseram que já desistiram da vaga de sua preferência - optando pela segunda opção - porque o processo estava longo e demorado demais. Imagine perder o seu principal candidato porque você atrasou sua tomada de decisão?

Como um longo processo de recrutamento pode prejudicar seus negócios

"O processo de contratação fornece uma janela ao interior da cultura corporativa geral", diz Fernando Mantovani, diretor geral da Robert Half. "Se as pessoas sentirem que seu potencial de carreira será sufocado por uma organização que se movimenta lentamente, elas sairão da corrida".

Além disso, considere que os candidatos qualificados, provavelmente, estarão participando de outros processos e você estará competindo com outras empresas pelas mesmas pessoas. Quanto mais você esperar para fazer uma oferta de emprego, mais chances a concorrência terá em fazê-la primeiro e reter o profissional que você esperava contratar.

Um processo de recrutamento rápido, mas informado

O que o gerente de contratação deve fazer? Por um lado, os candidatos esperam sempre por uma decisão rápida; e por outro, os responsáveis pela contratação são assombrados pelos seus erros passados que lhes custaram muito.

Mas não tem que ser assim. De fato, a contratação é uma das decisões internas mais importantes, mas não significa que o processo de recrutamento deva se prolongar para uma tomada de decisão correta.

Com uma abordagem organizada, um entendimento completo das necessidades de sua empresa e o alinhamento das expectativas, você pode ter um processo de tomada de decisão rápido, mas informado - e dar um passo à frente de seus concorrentes. “A principal vantagem é que as empresas apertem seus cronogramas sem pular etapas”, explica Mantovani.

Contratando com eficiência

Confira dicas essenciais para o sucesso de um processo de recrutamento.

More From the Blog...