Sou o candidato eleito. E agora?

Por Robert Half 29 de outubro de 2018

Por Fernando Mantovani

Guardando as devidas proporções, o recrutamento pode ser comparado a um processo de eleição. Em busca da tão sonhada vaga, você passa por um período de campanha em defesa do seu perfil, das suas realizações e do quanto conseguirá contribuir para o desenvolvimento da organização. A vaga é conquistada pelo profissional que melhor conseguir convencer o empregador sobre o seu valor.

Com a certeza de ocupação do cargo, agora é só comemorar, certo? Errado! É preciso comprovar o seu valor nos primeiros 90 dias de experiência. E, aqui vão três orientações para atravessar esse momento crucial, que pode colocar você entre os potenciais destaques da organização.

1. “O primeiro mês é de adaptação!”

Entenda a estrutura da nova empresa, o modelo de gestão e o comportamento de seus pares. Busque saber os objetivos da companhia e do departamento para o ano, além do histórico das ações atribuídas a você. Enturme-se com os colegas.

2. “O segundo mês é de planejamento a curto prazo!”

Tenha cuidado para não se comprometer em excesso. Se você não for capaz de entregar o que promete acumulará pontos negativos. Dê passos curtos, porém firmes. Comemore pequenas vitórias e vá ampliando a complexidade do seu comprometimento na medida em que sinta mais segurança.

Se estiver em um cargo de gestão, saiba utilizar o planejamento de carreira como estratégia de motivação.

3. “O terceiro mês é de consolidação!”

Com mais segurança sobre as ações que executa, deixe claro seu estilo de trabalho, sem descuidar do relacionamento com os demais membros da equipe. Esse é o momento de reforçar ao empregador que ele fez a escolha certa.

Após os 90 dias de ambientação, o profissional ainda enfrenta dois importantes momentos que determinarão sua longevidade na equipe. Em até um ano é esperado que ele absorva o conhecimento e aprenda o trabalho proposto. A partir do segundo ano há a expectativa de que ele comece a apresentar resultados sólidos. Então, não perca tempo!

Cumpra o mandato a favor da sua carreira, do grupo e da companhia!

*Fernando Mantovani é diretor geral da Robert Half no Brasil

Quer receber mais conteúdos como este?

Se você gostou deste artigo, assine nossa Newsletter para receber mensalmente artigos relacionados à dicas de carreira, recrutamento e mercado de trabalho.

More From the Blog...