Pequenas mudanças no currículo melhoram sua visibilidade

Por Robert Half 28 de março 2018

Por Adriana Fonseca

Sempre é tempo de dar aquela melhorada no currículo. Às vezes, pequenos detalhes fazem muita diferença e aumentam as chances de o candidato ser chamado para uma entrevista de emprego. Mesmo que você tenha pouco tempo livre, dê uma olhada nessas dicas. Elas tomarão pouco tempo e vão deixar seu currículo ainda melhor.

ENVIE SEU CURRÍCULO

Fontes

As fontes mais aconselhadas são: Helvetica, Arial ou Times New Roman. Uma quarta opção: Calibri. Usar uma fonte comum pode não diferenciar o seu currículo, mas certamente vai deixá-lo fácil de ser lido.

Apague a frase "solicite referências se necessário"

Se o recrutador quiser uma referência ele vai pedir, fique tranquilo.

Remova o objetivo do currículo

Não é meio óbvio qual é o seu objetivo se você está se candidatando a uma vaga? Prefira colocar no topo do documento um resumo da sua experiência, incluindo suas principais habilidades.

Passe o corretor ortográfico

Para evitar que errinhos sigam adiante.

Versão em PDF, sempre

Não mande seu currículo em arquivo de Word (.doc), pois ele pode perder a configuração, além de permanecer editável. PDF é a melhor opção.

Dê um nome pessoal ao arquivo

Não escreva apenas “currículo”. Prefira “currículo de [nome e sobrenome]”.

Inclua seu perfil no Linkedin

É uma forma de o headhunter obter mais informações sobre você. Vale acrescentar outra mídia social relevante para a sua carreira. Há quem use o Twitter ou o Instagram para falar de trabalho. Nesse caso, coloque os links também.

Coloque a parte "educação" para baixo

Se você já tem experiência no mercado de trabalho, isso é o que conta mais. Então deixe a experiência profissional na parte de cima e, logo abaixo, sua formação acadêmica.

Apague o ensino médio do currículo

Se você já deixou a faculdade há mais de dois anos não é mais necessário incluir informação alguma sobre o Ensino Médio.

Atualize suas competências

Acrescente habilidades que você conquistou nos últimos anos.

Crie uma área de "habilidades" 

Aliás, se você não tem uma parte do currículo dedicada a competências e habilidades, crie.

* Adriana Fonseca é jornalista, tem 15 anos de experiência na cobertura de carreiras, empreendedorismo e startups. Já publicou nos jornais Valor Econômico e Folha de S.Paulo e na revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

Modelo de Currículo

Montar um modelo de currículo adequado, direto e informativo é essencial. Lembre-se que essa será a sua primeira chance de impressionar. A Robert Half criou um Modelo de Currículo.

More From the Blog...