Devo pedir autorização antes de indicar alguém como referência profissional?

Por Robert Half 30 de abril de 2019

Já falamos algumas vezes aqui no blog sobre a importância da checagem de referências durante um processo seletivo. Para os recrutadores, esse é o momento de ter uma base sobre o perfil técnico e comportamental do profissional no ambiente de trabalho, tendo como fonte direta alguém que tenha convivido com o candidato no dia a dia profissional.

Está contratando?

Clique no botão abaixo e envie sua vaga

Dessa maneira, é importante que o candidato à vaga tenha “na manga” nome e contato de pessoas que poderiam ser indicadas como referências profissionais. Antigos líderes, pares e subordinados podem estar nesta lista, mas normalmente os empregadores não se limitam apenas às suas indicações. É comum, por conta própria, eles ampliarem a lista em busca de outras pessoas que possam dar mais referências sobre você.

Referências precisam saber que serão contatadas?

Existe uma questão frequente com relação a esse tema: Devo pedir autorização antes de indicar alguém como referência profissional? 

A resposta é: não necessariamente. Se quiser, você pode avisar as pessoas, até para que elas saibam que podem ser chamadas e fiquem atentas a isso. No entanto, como já dissemos, é provável que o recrutador também busque informações com outras pessoas que tiveram contato com você, ou seja, essas pessoas não terão como serem avisadas.

Daí vem a necessidade de sempre mantermos um bom relacionamento interpessoal. Não se trata de agradar as pessoas por interesse, mas, sim, de entender que, apesar de possíveis divergências, devemos manter relacionamentos cordiais.

Assista à explicação

Carolina Cabral, gerente de recrutamento da Robert Half, fala sobre o tema.

Perguntas Frequentes

Respondemos às dúvidas mais frequentes dos nossos candidatos. Clique no botão abaixo para assistir todos os vídeos da série.

ASSISTIR AOS VÍDEOS

More From the Blog...

Você fala inglês?

Do you speak english? Como autoavaliar a fluência do seu idioma? Veja dicas e prepare-se para os próximos processos seletivos.

Saiba mais