Como os recrutadores devem se preparar para uma entrevista por vídeo?

Por Robert Half on 22 de abril de 2020

As técnicas de recrutamento têm se diversificado amplamente com o passar dos anos. Aquilo que antes era possível de ser feito apenas com um encontro presencial, hoje já pode contar com recursos igualmente eficazes, como a entrevista por vídeo. Ao mesmo tempo, por se tratar de uma ferramenta nova, muitos ainda não estão preparados para utilizar esse tipo de recurso, mas nunca é tarde para aprender.

Do ponto de vista do recrutador, alguns cuidados devem ser observados e seguidos, principalmente por quem só tem experiência com os modelos tradicionais para seleção de pessoal. Pensando nisso, elaboramos este artigo com dicas e técnicas importantes para o recrutador que fará o processo através de entrevista por vídeo.

Iniciaremos a discussão pontuando as vantagens de utilizar esse método, complementando depois com os pontos-chave que não podem deixar de ser lembrados pelo entrevistador. Por fim, traremos a importância de recorrer a um auxílio externo de qualidade para desempenhar tal função com ainda mais excelência. Vamos lá?

Conheça as vantagens e importância da entrevista por vídeo

Quando executada corretamente, a entrevista online é uma verdadeira "mão na roda" para qualquer profissional de RH. Através dela é possível economizar tempo e recursos financeiros, diminuindo as distâncias entre os interessados na vaga e o recrutador. Ela possibilita, por exemplo, que pessoas de outras cidades e regiões acessem o processo seletivo sem ter que sair de casa, aumentando o banco de profissionais disponíveis para cada vaga.

Dessa maneira, fica mais fácil que o recrutador faça um número maior de entrevistas para cada processo seletivo, e ainda de maneira mais padronizada. É possível fazer um sistema de conversas, estipulando um número igual de perguntas para todos os candidatos e depois compará-las posteriormente junto com o resto da equipe de RH.

Nessas interações você pode observar não só a fala do candidato, mas também a forma como ele se expressa em um ambiente virtual, algo presente em todas as empresas modernas. Dessa forma, é possível avaliar pontos como o estilo e a escrita do candidato na troca de e-mails, por exemplo.

Importância da entrevista por vídeo em tempos de isolamento social

Como bem se sabe, estamos atravessando um momento complexo na sociedade em decorrência da pandemia global do novo coronavírus, o COVID-19. Essa situação impôs mudanças importantes em todas as esferas da sociedade, tornando as medidas de isolamento regras que devem ser seguidas tanto por pessoas quanto por instituições.

Os processos seletivos presenciais não são mais recomendados, de forma que não sabemos ainda por quanto tempo essas suspensões serão mantidas. Sendo assim, utilização de recursos como a entrevista por vídeo acaba sendo uma real necessidade para os recrutadores. Qualquer profissional que trabalhe no ramo invariavelmente deverá aprender a utilizar tais ferramentas de modo correto, já que serão a forma mais viável de fazer os processos seletivos por um bom tempo.

Conheça as orientações técnicas para entrevista por vídeo

1. Prepare os candidatos em todas as partes do processo

O trabalho do recrutador não se resume ao momento da entrevista. É necessário criar um planejamento que vai desde a separação das vagas a serem disponibilizadas até os devidos retornos depois de cada conversa, independente da aprovação de cada candidato para a vaga.

O entrevistador deve entender que ele é responsável por tais pessoas durante toda a duração do processo. Vale criar os e-mails a serem disparados com especial cuidado, orientando não só sobre os detalhes e exigências para a vaga, mas também sobre como ele deve se preparar para a entrevista por vídeo. Deve ficar bem claro qual será a plataforma utilizada para isso, o ambiente onde a entrevista deve ocorrer (silencioso, de preferência com um fundo neutro) etc.

2. Escolha com atenção o meio a ser utilizado e proteja os dados confidenciais

Antes mesmo de iniciar o processo, o recrutador deve ter um bom conhecimento sobre o espaço digital onde as entrevistas ocorrerão. Se possível, é válido utilizar uma plataforma que seja própria para isso, com recursos adicionais que podem ser utilizados, como o envio de arquivos e a conversa por mensagem de texto.

O profissional também deve levar em conta a estabilidade de sua conexão com a Internet para realizar a conversa. Antes de iniciar a entrevista é válido fazer testes de conexão ou até mesmo fazer uma simulação da entrevista com outra pessoa da empresa, garantindo que a comunicação seja estabelecida de maneira fluida e compreensível para ambas as partes. Uma entrevista por vídeo mal feita pode trazer consequências negativas para a imagem da empresa recrutadora.

3. Lembre-se que é possível fazer o processo através de perguntas e respostas em vídeo

A depender dos interesses e dos recursos que podem ser acessados pelo recrutador, é possível também fazer a entrevista de uma maneira intermitente. Ou seja, nem sempre o mais interessante será estabelecer uma conversa em tempo real com o participante. Nesse formato, basta que o entrevistador crie uma lista de perguntas a serem respondidas por cada participante e os oriente a mandar vídeos com as respostas.

Assim, é possível analisar cada resposta com tempo e cuidado necessário, permitindo que outras pessoas da equipe tenham acesso ao que foi dito pelos participantes do processo seletivo, ampliando o olhar sobre cada candidato. Caso resolva usar esse método, lembre-se de explicar cuidadosamente em qual formato de vídeo deve ser enviado o arquivo, o tempo de duração para cada resposta, se será um vídeo único respondendo todas as perguntas ou vídeos separados.

Considere recorrer a uma empresa de recrutamento especializado

Por fim, vale lembrar que sempre é possível recorrer a uma empresa com experiência no assunto para ajudar a fazer ou mesmo executar por inteiro o processo seletivo, seja ele online ou presencial. Caso você ou a companhia para quem trabalha não tenha a capacidade para fazê-lo, pode ser muito mais interessante contratar um olhar profissional sobre o assunto, de quem já está acostumado a realizar esse formato.

Vimos até aqui os cuidados e técnicas básicas que devem ser utilizadas nos processos seletivos por entrevistas de vídeo. Por fim, queremos convidá-lo a conhecer o trabalho da Robert Half, uma empresa com grande tradição na prestação de serviços de excelência para recrutamento especializado.

O que achou da discussão sobre entrevistas online? Contribua para a discussão contando suas próprias experiências nos comentários!

COMO PODEMOS TE AJUDAR?

A Robert Half está conduzindo seus processos de recrutamento normalmente e 100% da empresa está em regime de home office

 
Entrevista em vídeo

More From the Blog...