Discutir política no trabalho?

Discutir política no trabalho

Por Adriana Fonseca

Quando conversamos sobre assuntos polêmicos, precisamos dobrar a atenção para não ultrapassarmos os limites da educação. Discutir política no ambiente de trabalho pode levantar paixões, enaltecer os ânimos e acabar em uma discussão desrespeitosa. Evitar o assunto não é a solução, é preciso saber como lidar com o desafio de se conviver com a diferença. Existe uma fórmula para tratar de temas delicados com os colegas do escritório.

É uma solução bastante óbvia, na verdade, mas que nem sempre é observada quando se fala se trata de discutir política, porque as pessoas mais praticam um monólogo do que um diálogo. As conversas não costumam ser iniciadas para incitar a reflexão, mas sim para desacreditar a posição contrária. Isso abre espaço para um conflito no trabalho desnecessário, uma vez que, com os ânimos alterados, é muito fácil levar um ou outro comentário para o lado pessoal. Esse é o desafio de se conviver com a diferença.

Discutir política, 4 passos sobre o desafio de se conviver com a diferença

Segundo um estudo publicado na Harvard Business Review (HBR), há quatro elementos a serem levados em conta para manter uma conversa sobre política amistosa, persuasiva e produtiva:

  1. focar no aprendizado mútuo;
  2. pedir permissão para se envolver no debate;
  3. mostrar respeito pela opinião do outro;
  4. enfatizar objetivos e propósitos compartilhados

É como deveria ser a maioria das conversas no ambiente corporativo. As emoções deveriam ser deixadas de lado, para você manter um comportamento educado e abrir sua mente para o argumento que vem da outra parte.

Leia também: Gestão de conflito nas organizações, como fazer?

O estudo feito nos Estados Unidos mostrou que uma em cada três pessoas já foi atacada, insultada ou xingada por compartilhar sua posição política e uma em cada quatro teve uma discussão política que abalou um relacionamento de forma permanente. Será que vale mesmo a pena?

Adriana Fonseca é jornalista, tem 14 anos de experiência na cobertura de carreiras e empreendedorismo e já publicou no jornal Valor Econômico, na Folha de S.Paulo e na revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios. Hoje, escreve e edita em seu home office.

Tags: Carreira

Share This Page