Dilemas da maternidade: priorizar família ou carreira

Por Juliana Porto

"Será que devo deixar meu emprego?" é uma questão que muitas mães fazem a si mesmas quando um novo bebê está a caminho ou acabou de chegar. É natural sentir dúvida ou se sentir culpada em deixar seu filho na creche ou com a babá. Algumas mulheres estão se dando o direito de deixar a carreira profissional por tempo indeterminado para cuidar totalmente dos filhos. Você também tem pensado no assunto? Já parou para avaliar se está preparada para isso? Veja se esta pode ser a melhor decisão para você e sua família:

Não faça por impulso: Esta decisão tem impacto sobre sua família e sua carreira. É fácil pensar que todos os problemas podem ser resolvidos se você estiver em casa. Mas isso não é verdade. É perigoso tomar uma decisão importante enquanto algo grande está acontecendo em sua vida. Dê a si mesma algumas semanas para as coisas se assentarem e você tomar uma decisão com mais calma.

Seja honesta com seu chefe: Se decidir sair do emprego, abra o jogo e diga que é uma decisão ficar em casa para se dedicar 100% a família. Você não deve colocar a culpa na babá faltosa ou na criança doente.  Colocar todas as cartas do jogo na mesa pode deixar as portas abertas para quando - e se quiser  - voltar. 

Você pode pagar o preço desta decisão?: Por mais que seu companheiro ou marido a apoie - inclusive financeiramente - é interessante programar suas finanças para isso. Talvez seja necessário mudar o padrão de vida e ter novos hábitos de consumo, você está preparada?

Você vai realmente gostar de ser mãe 100% do tempo?: Ter este posto 24 horas por dia pode esgotar sua paciência e tornar tudo ainda mais desafiador. Trata-se, também, de  um trabalho que tem duração determinada. Em poucos anos, seu bebê estará na escola primária, e quando menos se espera, estará se formando no ensino médio. Não tome uma decisão que tenha implicações a longo prazo considerando apenas a situação atual.

Seja confiante: Algumas vezes,  o que a mulher precisa é um pouco de inspiração e confiança para saber que pode construir uma carreira de sucesso depois de um tempo fora do mercado. Não acredite que sua experiência e habilidades foram embora neste meio tempo. Mulheres ainda são competentes mesmo depois que deram um tempo na carreira para dedicarem-se ao mundo dos bebês.

* Juliana Porto é jornalista desde 2005 e começou sua carreira escrevendo justamente sobre... carreiras! De lá para cá, já cobriu finanças pessoais, consumo e tecnologia em redações no Rio e São Paulo, mas sempre acaba voltando ao tema com que começou sua vida profissional.

Compartilhar essa página