Quero ser transferido para outra unidade, como planejar esta mudança?

Por Robert Half 22 de outubro de 2019

Ao longo de nossa vida, nossos sonhos e ambições começam a se formar. Assim é na vida pessoal e na profissional. Entretanto, mudanças devem ser bem planejadas e pensadas. Se você deseja começar a transformação em sua vida profissional por uma transferência de unidade, por exemplo, confira algumas das nossas dicas:

O que motiva essa mudança?

Primeiro, verifique a política da empresa quanto a esse tipo de transferência. Feito isto, entenda o que está motivando esse desejo. Se for uma questão de desenvolvimento profissional, a transferência é válida. Mas, caso a motivação seja alguma insatisfação no local atual, avalie se há chances de voltar a se aborrecer pelo mesmo motivo na nova unidade.

Liste os prós e contras

Faça uma lista dos prós e contras da mudança. Quais competências são valorizadas na outra unidade? Quais delas você precisa desenvolver? Quando estiver com essas informações em mãos, peça conselhos ao seu gestor direto. Agora, caso ele seja a razão da mudança, busque aconselhamento com o RH.

Faça seu Networking

Durante o período em que estiver avaliando se vai solicitar a mudança - ou não -, busque se aproximar das pessoas com as quais deseja trabalhar. Essa será uma forma de você entender se terá dificuldades para se adaptar ao novo ambiente.

Se prepare!

Caso dê início ao pedido de transferência, assuma a postura de quem está se candidatando para uma empresa nova. Com relação ao atual cargo, continue dando o seu melhor até o último dia de trabalho. Durante todo esse processo, planeje todos os passos para que a transferência aconteça em um prazo razoável e não na próxima semana. Espero que estas dicas te ajudem na sua carreira!

No vídeo abaixo, Bruno Carrieri, gerente sênior de recrutamento da Robert Half, fala sobre o tema:

Guia Salarial da Robert Half

No Guia Salarial da Robert Half você encontra a mais completa pesquisa salarial e um estudo sobre tendências de contratação no mercado brasileiro.

More From the Blog...