O jogo já começou! Como está seu preparo para extrair o melhor do seu time?

Por Robert Half 25 de junho de 2018

Por Fernando Mantovani

O clima do Mundial de Futebol nos faz refletir sobre a necessidade de ter um time eficiente para alcançar os resultados desejados, seja dentro de campo ou nas empresas. Para criar uma equipe vencedora no ambiente corporativo, como eu expliquei no artigo anterior, seis integrantes são fundamentais: técnico; árbitro; capitão; verdadeiro profissional; estrela; e recém-contratado.

No texto anterior, eu ainda convidei você a fazer um exercício de identificação desses talentos dentro do seu grupo de trabalho. Se já concluiu a tarefa, agora é a hora de entender quais são os 10 passos para gerenciar essa equipe de alto rendimento:

  1. Crie uma cultura positiva – Um ambiente de trabalho positivo, aberto e transparente é essencial para produzir bons resultados e reter os melhores talentos.

  2. Aceite a diversidade – Faça com que origens e pontos de vista individuais contribuam para tomada de decisões mais equilibradas, tornando a empresa um local de inclusão.

  3. Defina as funções e responsabilidades – Para uma equipe ter sucesso é fundamental que cada membro entenda, de maneira exata e ampla, como a sua função contribui para os objetivos de negócios.

  4. Defina metas e objetivos – Quando sabemos para onde estamos indo, é mais possível encontrar meios para que o caminho fique mais fácil. Convide o grupo para ajudá-lo nessas definições e revisite o plano regularmente. Essa atitude tende a desenvolver a colaboração entre o time, além de reforçar o compromisso da equipe com a empresa. Não esqueça de comemorar os acontecimentos relevantes.

  5. Promova a confiança – Invista parte do seu tempo criando meios para que exista uma relação de confiança entre os membros do grupo. Essa atitude fará com que você, como líder, também ganhe a confiança do seu time.

  6. Gerencie conflitos – Um problema pequeno pode se tornar uma crise grave se não for tratado adequadamente. Sempre que possível, prefira buscar o auxílio de outras pessoas para desenvolver uma solução em conjunto em vez de impor sua própria decisão.

  7. Recompense para reter – Remuneração é importante para qualquer profissional, mas muitos já classificam como prioridade uma série de vantagens não financeiras, como horário de trabalho flexível, benefícios educacionais, reconhecimento e plano de carreira, entre outros.

  8. Mantenha os profissionais felizes – Uma equipe feliz tende a trabalhar mais motivada e inspirada. Minhas recomendações são: conheça seus funcionários; entenda seus pontos positivos e de melhoria; e tenha atenção aos níveis de estresse, principalmente relacionados a alta carga de trabalho.

  9. Encontre o talento certo – É um ciclo: quando você contrata profissionais qualificados, com equilíbrio certo entre habilidades técnicas e comportamentais, forma uma equipe de alto desempenho, que atrai a atenção de novos profissionais de talento. Dessa forma, suas chances de gerar melhores resultados para a empresa crescem consideravelmente.

  10. Lidere pelo exemplo – Seja o primeiro a colocar em prática as ações, missões e posturas que você defende como corretas, definindo um modelo a ser seguido.

Independentemente do momento da sua empresa ou do seu time, a hora de montar uma equipe dos sonhos é agora. Pois, como disse Pelé, “Sucesso não é um acidente. É trabalho duro, perseverança, aprendizado, estudo, sacrifício e, mais do que tudo, amor pelo que se faz ou se aprende a fazer”.

Sucesso para você e sua equipe!

* Fernando Mantovani é diretor geral da Robert Half.

Criando uma equipe vencedora

Clique no botão abaixo para baixar o seu guia "Criando uma equipe vencedora"

More From the Blog...