Meu gestor demonstrou interesse em me transferir para outra unidade da companhia. Como digo que eu não quero ir?

Por Robert Half 17 de outubro de 2019

Mudanças são sempre bem-vindas? Depende! Transformações, em geral, assustam muita gente, pois envolvem alterações em rotina, costumes, alimentação e lazer. O mesmo se aplica em uma mudança dentro do ambiente profissional. A transferência de uma unidade para outra da companhia tem que ser muito bem pensada e avaliada. 

Avalie prós e contras

Reflita bem sobre os prós e os contras dessa transferência. Inclua nessa avaliação a oportunidade de conhecer novos lugares, cultura ou pessoas, mas pense no quanto essa mudança vai afetar a sua vida e a de sua família.

Se você negar, quanto essa decisão irá afetar sua empregabilidade?

Como digo que não quero ir?

Se a transferência de unidade não é algo que você tem almejado e está totalmente fora de cogitação, procure seu gestor e tenha uma conversa sincera. Lembre-se que esta é uma situação bastante delicada, mas você está dentro do seu direito.

Explique a ele as suas razões para negar a oportunidade. Mas, esteja ciente de que não há garantias de que a sua recusa será bem aceita. Pode ser que o seu gestor e a direção da companhia fiquem inseguros quanto a poder contar com você a qualquer momento.

Decisão pessoal

De todo modo, não dá para julgar como certo ou errado o posicionamento de negar uma transferência para outra unidade da companhia. A decisão é totalmente pessoal.

O vídeo abaixo fala sobre o tema:

Guia Salarial da Robert Half

No Guia Salarial da Robert Half você encontra a mais completa pesquisa salarial e um estudo sobre tendências de contratação no mercado brasileiro.

More From the Blog...