Exercício de três minutos de mindfulness pode melhorar estilo de liderança

Por Robert Half 18 de maio de 2018

Por Adriana Fonseca

Você, provavelmente, já ouviu falar em mindfulness – ou atenção plena – e seus benefícios para a vida pessoal e profissional. A prática promete diminuir o estresse, aumentar a concentração e melhorar a sensação geral de bem-estar.

Mesmo após estudos já terem indicado esses e outros ganhos, há quem duvide. Como é que se sentar e não fazer nada pode trazer algum tipo de benefício quando há uma infinidade de coisas para se fazer ao longo do dia?

Para encorajar os mais céticos a darem uma chance ao mindfulness, a coach americana de estratégia de carreira Leila Hock sugere começar com uma prática que vai tomar somente três minutos do dia.

Tente um treinamento intervalado de mindfulness

Segundo Leila, a forma mais fácil de incorporar o mindfulness à rotina é fazer pequenas pausas ao longo do dia.

PASSO 1: Identifique três espaços de um minuto no seu dia

Coloque alertas no celular para você se lembrar de observar como se sente em diferentes momentos do dia. Escolha momentos que geralmente você consiga fazer isso. Se o comecinho do dia é atribulado, coloque o primeiro alerta para quando chegar ao escritório. De forma geral, Leila recomenda fazer as pausas pela manhã, à tarde e à noite, quando já se está em casa.

PASSO 2: Siga a agenda que você criou

Quando a notificação do alarme chegar, se comprometa a sentar (ou parar em pé mesmo), fechar os olhos e fazer entre cinco e dez respirações. Foque apenas na sua respiração. Sua mente vai vagar – é o hábito de fazer isso, e hábitos são difíceis de serem quebrados.

O objetivo dessa prática é desenvolver a capacidade de focar. Se outros pensamentos surgirem, saiba que a cada vez que você escolhe deixá-los passar para prestar atenção na respiração sua capacidade de focar fica ainda mais forte.

Difícil? Não é, vai. Todo mundo consegue encontrar três intervalos de um minuto ao longo do dia. Ao fazer a prática por alguns dias seguidos, observe como se sente. As pessoas costumam relatar mais calma e melhores tomadas de decisão, características importantes para qualquer líder. Vendo os benefícios você poderá tentar técnicas mais avançadas de mindfulness.

* Adriana Fonseca é jornalista, tem 15 anos de experiência na cobertura de carreiras, empreendedorismo e startups. Já publicou nos jornais Valor Econômico e Folha de S.Paulo e na revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

More From the Blog...