Como se destacar longe dos olhos do gestor

Por Robert Half on 4 de setembro de 2020

Por Fernando Mantovani

Muitos profissionais têm sido contratados sem nunca terem se encontrado pessoalmente com gestores ou pares de trabalho. Outros, migraram para o trabalho remoto da noite para o dia em empresas que não tinham nenhuma cultura nesse modelo de operação. Alguns colaboradores estão gostando da experiência, outros ainda passam por um período de adaptação e há os que não veem a hora de retornar ao escritório.

Nesse misto de realidade, vejo alguns profissionais inseguros quanto à forma de mostrar o próprio valor para a equipe e o negócio, principalmente aqueles que são novos no time ou os que não estavam acostumados a gerenciar as próprias tarefas. Se você faz parte de um desses dois grupos, aqui vai o que penso como líder: nada qualifica mais um profissional do que a entrega de resultados, dentro ou acima do esperado, além da capacidade de se comunicar e interagir com os parceiros sem ser “um elefante na loja de cristal”.

Com relação às entregas, não há muito segredo. Seja você novato ou antigo na empresa, procure sempre entender os detalhes das demandas, os resultados esperados e as suas responsabilidades nos projetos. Esforce-se para cumprir os prazos e sinalize ao gestor direto sempre que tiver alguma dificuldade ou diante de alguma possibilidade de atraso. Se você conseguir entregar o que foi pedido será ótimo. Se conseguir fazer um pouco a mais em benefício da ação, será excelente. Mas tenha o cuidado de só se comprometer com o que puder cumprir.

No quesito comunicação, lembre-se de que, muitas vezes, existe uma diferença significativa entre o que você fala e o que o outro entende. Essa realidade, que já prejudica muitos relacionamentos presenciais, fica ainda mais acentuada em comunicações à distância. Então, estabeleça conversas claras, objetivas e gentis. Diante de um assunto mais delicado ou complexo, faça uma ligação ou chamada por vídeo. Registre acordos importantes por e-mail ou ferramentas de colaboração.

Caso seja novato na empresa, nunca se esqueça que o período de experiência tem uma razão para existir: você se adapta à empresa enquanto ela se certifica de que a sua contratação foi a melhor opção. Então, minha recomendação é que, além de manter atenção à qualidade das entregas, você use o primeiro mês para conhecer a estrutura da nova empresa, quais serão seus reports, seus pares e sua equipe. Entenda os objetivos gerais para o ano e os específicos para o seu departamento. Enturme-se com os novos colegas, mas com o cuidado de observar o perfil de cada um e as dinâmicas dos relacionamentos antes de fazer brincadeiras ou se julgar muito íntimo.

Para continuar sendo visto, tanto pela equipe da empresa quanto pelo mercado, o networking continua sendo o melhor caminho. Àqueles que já estão em processo de retorno para o escritório, os almoços e as reuniões presenciais são os momentos mais apropriados. Mas para quem continua trabalhando remotamente, existe a possibilidade de interagir com outras pessoas por meio de encontros, eventos e, até mesmo, happy hours virtuais. Entendo que existe certa limitação, mas é preciso se adaptar.

Quem não é visto, não é lembrado. Isso vale tanto quando você se aproxima fisicamente de alguém, quanto para contatos virtuais ou ao mostrar a sua relevância para os negócios por meio do seu trabalho diário.

* Fernando Mantovani é diretor geral da Robert Half

COMO PODEMOS TE AJUDAR?

Hide Breadcrumb
Off
Hide Title
Off

More From the Blog...