Como elogiar sem parecer um puxa-saco

Por Robert Half 15 de março 2018

Por Adriana Fonseca

Receber elogios no trabalho é muito bacana, né? Mas elogiar nem sempre é algo fácil. A chance de parecer um puxa-saco que só quer se valorizar com o chefe é grande. Mas, com o jeitinho certo, dá sim para falar bem do trabalho dos outros. Saiba:

Como elogiar o chefe

Em primeiro lugar é importante saber que não há nada de errado em elogiar o trabalho do chefe. Só há problema se o elogio não for sincero. Para que dizer que a apresentação para o cliente foi ótima se, na verdade, a sua opinião é outra? Agora, quando o seu chefe ensina alguma coisa a você – diretamente ou pelo exemplo -, aí sim é algo que vale um elogio sincero. Quando você compartilha com seu gestor que está aprendendo com ele, isso certamente vai agradá-lo, e ainda vai demonstrar que você está adquirindo novas habilidades.

Como elogiar um colega de trabalho

Os cuidados aqui são para não elogiar julgando, em tom de autoridade, e para não soltar um monte de comentários vazios. Uma boa dica é elogiar mostrando que você tem o colega como exemplo. Dizer, por exemplo, que você sempre toma notas nas apresentações dele porque ele sabe prender a atenção das pessoas é uma ótima alternativa.

Como elogiar um funcionário

Funcionários precisam de feedbacks construtivos e significativos para que possam se desenvolver. Então, encontre os momentos apropriados e diga diretamente ao colaborador quando ele superou as expectativas da liderança.

Como elogiar alguém da rede de contatos

Ao elogiar alguém da sua rede de contatos, principalmente se for alguém “bam-bam-bam” na sua área, cuidado redobrado para não parecer apenas um puxa-saco. Então, se quiser elogiar, também ofereça algo do seu conhecimento em troca. Isso será um diferencial. Ao comentar algo que a pessoa escreveu na rede social, por exemplo, diga que gostou do texto ou da opinião e já inclua um algo mais. Pode ser um livro que você leu recentemente relacionado aquele assunto, uma informação a mais sobre o tema, e por aí vai.

Boa sorte nos elogios!

* Adriana Fonseca é jornalista, tem 15 anos de experiência na cobertura de carreiras, empreendedorismo e startups. Já publicou nos jornais Valor Econômico e Folha de S.Paulo e na revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

More From the Blog...