Cursos on-line são bem vistos no currículo

Por Gabrielle Moreira

Na era da tecnologia, dos cortes de gastos e melhor aproveitamento do tempo, os cursos on-line estão sendo cada vez mais procurados por profissionais que querem dar uma turbinada no currículo. Embora muitos tenham dúvidas sobre a avaliação das empresas sobre o assunto, recrutadores e gestores têm visto com bons olhos o ensino on-line. 

A falta de informação e de conhecimento sobre os cursos a distância, é verdade, ainda faz com que alguns não dêem a credibilidade merecida às extensões, pós-graduações e especializações via internet. No entanto, boa parte dos recrutadores reconhece que não há grande diferença entre cursos presenciais ou online. O que conta é capacidade do profissional em absorver essas informações e sua habilidade para desenvolver suas tarefas corporativas com excelência.  

Um dos sites mais conhecidos no País, o Veduca é uma empresa de tecnologia em educação que reúne importantes instituições de ensino e organizações. O objetivo, segundo a própria companhia, é “desenvolver e disponibilizar cursos on-line de alta qualidade”. Mais conhecido no exterior, o Coursera conta com mais de cem universidades em todo o mundo. Neste último, o cardápio traz nomes como Universidade de Michigan, Columbia, Universidade de São Paulo, Insper, entre outros.

A gama de cursos que são oferecidos é imensa e abrange todas as áreas de estudo: ciências, humanas e exatas. O tempo de duração varia de acordo com a universidade e o tipo de assunto a ser lecionado, atendendo a diferentes tipos de público e demanda. Vale a pena dar uma conferida. A maioria dos cursos é gratuita e muitos possuem certificados de conclusão.

Gabrielle Moreira é jornalista e escreve sobre economia, finanças, carreiras e comportamento há mais de dez anos. Depois de uma temporada no Valor Econômico de São Paulo, mudou-se para o Rio de Janeiro e agora reporta diretamente de seu home office na cidade maravilhosa. 

Compartilhar essa página