Foto no currículo – colocar, ou não?

Por Robert Half 10 de agosto 2018

O currículo é o cartão de visitas do candidato e, no momento de sua elaboração, é comum que surja a dúvida: “Afinal, eu posso – ou não – colocar uma foto minha no CV?”.  

Um fato curioso é que adicionar uma foto ao currículo tem uma questão cultural por trás disso. Ou seja, apesar de a prática ser extremamente comum em alguns países, no Brasil não é. Nesse aspecto, os brasileiros estão à frente de seu tempo: a ausência da foto permite que as experiências profissionais dos candidatos sejam priorizadas, ao invés da questão da aparência.  

Entretanto, à medida que a foto no currículo fica obsoleta nos CVs, a tecnologia ganha espaço. E se mesmo com um currículo sem foto - e ressalto que isso não deveria ser a regra - alguma empresa quiser te conhecer um pouco melhor, ela acabará fazendo uma busca sobre você nas redes sociais.

Os recrutadores podem encontrar o seu perfil no LinkedIn, por exemplo, e assim terão acesso não só a sua foto como também a uma análise de sua postura em decorrência do que você posta.

Lembre-se:

Para o futuro, a tendência é que a foto no currículo esteja cada vez menos presente. Hoje em dia, a sociedade está muito mais preocupada com o valor que as pessoas podem agregar em uma empresado que com a aparência delas.  

A questão da foto no currículo não é necessária no Brasil.

Como a pesquisa nas redes sociais é tendência em recrutamento, faça a gestão da sua imagem online de maneira assertiva. Busque mostrar aos recrutadores, de uma maneira responsável, quem você é.

Dicas

Assista abaixo às dicas de Fernando Mantovani, diretor geral da Robert Half no Brasil, sobre esse assunto.

 

Tem dúvidas sobre Currículo, Entrevistas ou Processos Seletivos em geral?

Comente abaixo ou envie sua pergunta para [email protected]

 

Perguntas Frequentes

Clique no botão abaixo para assistir todos os vídeos da série.

ASSISTIR AOS VÍDEOS

More From the Blog...