Cresce o home office no Brasil

De acordo com pesquisa da Robert Half, nos últimos três anos, 44% dos diretores de RH do Brasil ampliaram o uso do home office, enquanto na média mundial essa foi a percepção de 29% dos entrevistados. O estudo foi realizado em novembro de 2014, considerando a opinião de 1675 gestores de 12 países, sendo 100 do Brasil. A pesquisa apontou também que, para 75% dos diretores brasileiros entrevistados, a concessão de maior autonomia aos colaboradores, por meio de flexibilidade de horário, trabalho remoto ou menos supervisão direta, se reflete no aumento da produtividade por parte dos colaboradores. A pesquisa indicou ainda outros efeitos positivos, como elevação de criatividade, comunicação, colaboração e capacidade de gerenciar.

Veja também: Modelo de Currículo

Compartilhar essa página