Conheça o segredo das empresas especialistas em líderes

O que faz a Proctor&Gamble ser reconhecida continuamente por seu desenvolvimento de liderança? É uma verdadeira fábrica de líderes, vencendo prêmios globais todos os anos. Da mesma forma, qual é o segredo para o sucesso da IBM em criar líderes de classe mundial? E como é que a Deloitte é capaz de envolver e desenvolver a geração y em seu pipeline de liderança? Confira o segredo dessas empresas especialistas em líderes.

Desenvolvendo jovens talentos
Desenvolvimento liderança não é mais apenas promover os gerentes seniores ou equipe executiva. Em um mundo cada vez mais competitivo, as empresas estão construindo a liderança a partir do zero. O projeto 2013-14 Chally Grupo de Pesquisa de Liderança Global mostrou que 25% das organizações acreditam que é fundamental se concentrar no desenvolvimento de jovens talentos. Poucas empresas demonstram isso de uma forma mais acertada que a Deloitte, onde mais de 50% da força de trabalho é composto por jovens da geração Y. A Deloitte investe em um programa de integração de um ano - que já teve cerca de 17.000 participantes em todo o mundo em 2012. O programa busca otimizar os estilos de aprendizagem e desenvolver a rápida progressão da próxima geração. Uma iniciativa que Deloitte implementado em 2009, que é facilmente replicável para qualquer tamanho das empresas, é criar um grupo de conselheiros com integrantes da geração Y. Eles funcionam como uma ponte entre os mais jovens e a equipe sênior da empresa. Esta pode ser uma nova prática você poderia recomendar dentro de sua própria empresa.

Mentoring e coaching
Desenvolvimento personalizado continua a ser uma prática atemporal em se tratando de liderança e é um exercício que se mantém em posição número um, conforme identificado no Projeto de Investigação de Liderança Global. A Proctor&Gamble realiza o AG Lafley, um programa de tutoria de líderes de vários níveis dentro da empresa. As empresas de destaque também estão garantindo que equipe tenha exposição e acesso a altos executivos como parte de sua experiência e treinamento. Aqui está um grande estudo de caso de como a GE utiliza coaching de velocidade, com sua equipe executiva. Resolvendo problemas reais Treinamentos de action learning, ou seja, resolução de problemas reais em ambientes virtuais têm sido muito utilizados pela IBM, por exemplo. Como parte de seu conhecido programa Corporate Service Corps, a IBM envia profissionais em ascensão para projetos de desenvolvimento econômico conduzido pela empresa em comunidades na África, Ásia, Europa Oriental e América Latina, onde eles trabalham na intersecção de negócios, tecnologia e sociedade. A P&G também faz esse tipo de capacitação com grupos de líderes promissores em lugares como a Academia Militar dos EUA, em West Point. Essa forma de treinamento proporciona um alto impacto da aprendizagem e vem crescendo em popularidade para ajudar a desenvolver os gestores de áreas complexas, como pensamento estratégico e tomada de decisão.

Estratégia e Filosofia
Um denominador comum aos bons líderes é o compromisso de unir um plano de desenvolvimento e filosofia abrangente. Pode parecer óbvio, mas as empresas que estão sendo reconhecidos continuamente para os seus programas de formação de pessoal passaram anos aprimorando e adaptando sua estratégia. A P&G, por exemplo, tem uma série de sete vídeos curtos sobre a sua estratégia de desenvolvimento de liderança disponíveis on-line, que fornece insights sobre a sua "aprendizagem no trabalho”. Esses são alguns exemplos do que deu certo. Para inspirá-lo e compartilhar conhecimento, a Robert Half Brasil criou o CEO Series, em que CEOs de diversas companhias falam sobre suas experiências e maneiras de liderar.

*Este texto foi traduzido e adaptado do original worklife.roberthalf.com.au

Compartilhar essa página